Paraná

Secretário estadual garante novos recursos ao Hospital Regional

O Hospital Regional (HR) vai receber mais R$ 3,9 milhões para a compra de equipamentos, sendo R$ 2,6 milhões do Governo do Estado e R$ 1,3 milhão de emendas federais da bancada paranaense, a partir de uma mobilização do deputado federal Dilceu Sperafico. O anúncio do repasse dos recursos foi feito pelo secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto, que também confirmou o repasse mensal de R$ 600 mil para o custeio do Hospital Regional.

Caputo esteve em Toledo no último sábado (16) e acompanhou a campanha nacional de atualização das vacinas na rede pública e a inauguração da ampliação da Unidade Básica de Saúde do Jardim Europa, onde anunciou novos recursos para ampliações e reformas. O Estado investiu cerca de R$ 200 mil na unidade do Jardim Europa, o que permitirá a implantação de mais duas unidades de saúde bucal para atendimento dos moradores. Durante a inauguração, Caputo anunciou também a liberação R$ 600 mil para reformas das unidades básicas de Saúde do Jardim Porto Alegre, Coopagro, Panorama e Vila Industrial, sendo R$ 150 mil cada. O secretário disponibilizou mais R$ 150 mil para a reforma da unidade do Jardim América, cujos projetos deverão ser encaminhados pela administração municipal.

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS

Heliponto do Consamu

Na sequência participou da inauguração da área de pouso provável para o helicóptero do Consamu, junto ao estacionamento da Unidade de Pronto Atendimento da Vila Becker. Ele considerou a estrutura bastante adequada e capaz de reduzir riscos de pousos emergenciais em locais impróprios e lembrou que foram realizados ao longo deste ano cerca de 60 voos de unidade aeromédica, dos quais cerca de 40 na unidade, que contribuíram para salvar vidas. Durante a entrega foi lembrada a participação da Câmara de Vereadores, que destinou R$ 77 mil para a construção da obra, em recursos devolvidos ao município.

 

Hemocentro

Caputo Neto também fez uma visita às instalações do Hospital Regional, onde oficializou a entrega de R$ 10 milhões do Estado em equipamentos, e posteriormente, no auditório da prefeitura, reuniu-se com os prefeitos e secretários municipais de Saúde da região e expôs o projeto para a construção do hemocentro de Toledo, nas proximidades do Ciscopar. Hoje Toledo conta com uma unidade de coleta de sangue. O novo projeto prevê a construção do hemonúcleo com a coleta e processamento de sangue, visando atender a nova demanda que será criada com a abertura do Hospital Regional, que deverá contar com 20 vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o que deverá exigir uma demanda maior de sangue. O projeto para a construção da unidade, com 860 metros quadrados, já está pronto e a previsão é de que o projeto seja licitado no começo do próximo ano. “Saio em abril e quero deixar este processo encaminhado”, declarou.

 

Participação financeira

O secretário estadual de Saúde elogiou os equipamentos adquiridos pelo município, utilizando recursos do Estado, para o Hospital Regional, e reforçou a parceria para colocar a estrutura em funcionamento. Ele disponibilizou R$ 600 mil do Estado para custeio e discutiu novos investimentos em saúde com os prefeitos e secretários municipais. Conforme Caputo, uma eventual participação financeira dos municípios no Hospital Regional vai depender das definições que estão sendo tomadas pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e Fundação de Apoio à Universidade Federal do Paraná (Funpar) para a gestão do HR, o qual deverá atender o curso de Medicina, implantado pela UFPR em Toledo.

Dos recursos de R$ 10 milhões repassados pelo Estado para a aquisição de equipamentos do Hospital Regional, cerca de 80% já foram aplicados na compra dos equipamentos. Restam, segundo o secretário municipal de Saúde, Thiago Stefanello, sete itens que deram desertos e que deverão ser encaminhados nos próximos dias, com novos orçamentos. A prestação de contas dos recursos já está sendo encaminhada e tão logo seja concluída o Estado libera os novos recursos anunciados para a compra dos demais equipamentos.

TOPO