Policial

Acusada de ser mandante de crime se apresenta em Toledo

Eraondina Aparecida Rodrigues, acusada de ter participado do assassinato de Rosenilda de Lima Pontes Ribeiro, conhecida como “Tika”, no último dia 4 de abril em Santa Helena, apresentou-se na 20ª Subdivisão Policial de Toledo, onde permaneceu presa.

A vítima foi morta a tiros em frente a sua casa no Conjunto Habitacional Parque Verde em Santa Helena. Na ocasião, um homem chegou à casa de Rosenilda, a chamou pelo nome e quando a mesma chegou ao portão foi atingida por dois tiros que acertaram o ombro e a cabeça.

Casa do Eletricista – RETOMA

Socorrida por uma equipe do PAM, ela não resistiu e chegou sem vida ao Hospital. No local a polícia recolheu um projétil de revólver calibre 38. Ao longo das investigações a Polícia Civil chegou até um adolescente de 17 anos acabou confessando a autoria do crime e apontou Erondina como sendo a mandante.

Segundo depoimento do menor, a mandante teria dito que queria matar “Tika” porque estava sofrendo ameaças da mesma. Ouvida dias depois na Delegacia de Santa Helena, Erondina disse estar próxima da cena do crime, mas negou ser a mandante.

Segundo a Polícia, existe a participação de Erondina no crime como co-autora, por isso foi decretada sua prisão preventiva. Com medo de represálias em Santa Helena, ela resolveu apresentar-se em Toledo, onde permaneceu presa a disposição da Justiça. A permanência ou não dela na 20ª Subdivisão Policial de Toledo dependerá da Justiça.

TOPO