Copagril – Compras no Site
Policial Perseguição

BPFron interdita carga de 755 quilos de maconha que teria sido carregada em aldeia indígena

(Fotos: Divulgação/BPFron)

No final da noite de domingo (19) em mais uma ação da Operação Hórus, policiais militares do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) realizavam ação de interdição de fronteira no município de Guaíra, e desconfiaram de um veículo GM/Kadett que trafegava em velocidade incompatível com a via, o que gerou a suspeição.

Durante tentativa de abordagem o veículo empreendeu fuga, dando início a um acompanhamento tático que se encerrou após colisão em um barranco de terra. O motorista tentou empreender fuga à pé em direção a uma região de mata, mas foi capturado pelos policiais militares que ao verificarem o interior do veículo contataram que estava carregado com fardos de erva com odor de maconha. Após pesagem foram somados 755 quilos do entorpecente, distribuídos em aproximadamente 45 volumes. O traficante, em entrevista de campo, informou aos policiais que teria carregado o veículo dentro de uma aldeia indígena em Guaíra.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

Militares do Exército Brasileiro prestaram apoio na segurança até a chegada do guincho.

Considerando o flagrante em tráfico de drogas, o suspeito preso, o veículo e a droga apreendidos foram encaminhados para 2ª Companhia do BPFron para lavratura do boletim de ocorrência unificado e demais procedimentos cabíveis.

 

RESULTADO

– 755 quilos de maconha que deixam de ser distribuídos nas grandes cidades
– Veículo GM/Kadett apreendido, quebrando a logística da rede criminosa
– Prejuízo ao crime de aproximadamente R$ 800 mil

 

OPERAÇÃO HÓRUS

Participam da Operação Hórus: BPFron e COE/Bope da Polícia Militar (PM), Polícia Federal, Grupo Tigre da Polícia Civil, Bope da PM do Mato Grosso do Sul, Força Nacional e Exército Brasileiro, com apoio da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Seopi/MJSP).

 

WhatsApp disk denúncia do BPFron

(41) 99106-6815

Faça sua denúncia, o anonimato é garantido!

 

Com BPFron

 

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO