Policial

Empresário e sitiante são trazidos de volta a Rondon

A assessoria de imprensa da Pol iacute;cia Federal de Gua iacute;ra confirmou ontem (17) a pris atilde;o em flagrante do empres aacute;rio Nelsi Abrelino dos Santos, 43 anos, por tr aacute;fico de drogas. Ele foi apontado como respons aacute;vel pelos 987 quilos de maconha encontrados na tarde de segunda-feira (16), num s iacute;tio na Linha Hermann, distrito rondonense de S atilde;o Roque, pela Pol iacute;cia Militar de Marechal C acirc;ndido Rondon. O morador do s iacute;tio, Valdirce Pinheiro Rodrigues, 32 anos, que tamb eacute;m foi autuado em flagrante por tr aacute;fico, apontou o empres aacute;rio como respons aacute;vel pelo entorpecente. Os dois, ap oacute;s serem ouvidos na Pol iacute;cia Federal de Gua iacute;ra, foram trazidos para a cadeia da Delegacia de Pol iacute;cia Civil de Marechal Rondon, onde respondem agrave; acusa ccedil; atilde;o.

Alega ccedil; atilde;o
Valdirce contou agrave; pol iacute;cia que havia trabalhado no mercado de Nelsi e, como estava precisando de dinheiro, aceitou uma proposta do empres aacute;rio para guardar uma mercadoria no s iacute;tio em que reside. Ele receberia cerca de R$ 1 mil pelo armazenamento. A tal mercadoria, contou Valdirce, foi deixada no s iacute;tio como se fosse cigarro. A alega ccedil; atilde;o de que se tratava de cigarro teria sido dada pelo empres aacute;rio. Assim que Valdirce descobriu que n atilde;o era cigarro, ele teria pedido para o empres aacute;rio para que a mercadoria fosse retirada do s iacute;tio, por eacute;m, a pol iacute;cia chegou ao local antes que isso acontecesse.
De acordo com a Pol iacute;cia Militar, a den uacute;ncia dava conta de que a droga tinha sido carregada na regi atilde;o de Entre Rios do Oeste, no Lago de Itaipu, pr oacute;ximo ao lix atilde;o, e armazenada no s iacute;tio. O transporte da droga at eacute; o s iacute;tio teria sido feita por dois ve iacute;culos Gol. A droga seria levada por um caminh atilde;o para Minas Gerais.

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS

lt;galeria / gt;

TOPO