Policial

Familiares se mobilizam e polícia reforça buscas a engenheiro

Reprodução CGN
engenheiro desa

Familiares, amigos e pessoas solidárias com o desaparecimento do engenheiro civil Renato Moreira Brandão, 54 anos, realizaram ontem (20), uma mobilização pelo centro de Curitiba.

Os participantes se concentraram em frente ao Teatro Guaíra, na Rua Conselheiro Laurindo e depois fizeram uma passeata até a Boca Maldita, na Rua XV de Novembro.

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS

O engenheiro desapareceu há uma semana, quando saiu para um passeio de rotina. Ele estava vestido com jaqueta, bermuda e tênis.

Emocionada, a sobrinha de Renato fala sobre a importância da mobilização. Segundo ela, o engenheiro tinha uma vida normal, era casado e apaixonado pela filha. O amigo da família, Otávio Camargo, pede a ajuda de toda população para obter notícias de Renato. 

Buscas

Equipes do Grupo de Operação de Socorro Tático (GOST) do Corpo de Bombeiros, foram acionadas pela Delegacia de Vigilância e Capturas (DVC) para ajudar nas buscas do engenheiro civil Renato Moreira Brandão, 54 anos, que esta desaparecido há uma semana.

 

A cadela Jane foi até o apartamento da vítima em busca de pistas, mas devido ao tempo que já passou desde o desaparecimento, nada foi encontrado.

 

A polícia continua sem informações sobre o paradeiro de Renato. Quem tiver alguma pista pode ajudar nas investigações fazendo denúncias anônimas através dos telefones 181 e (41)3219-9700. (CGN)

TOPO