Policial

Homem assume que atirou em rapaz que invadiu imóvel

Compareceu agrave; 20 ordf; Subdivis atilde;o Policial de nbsp; nbsp; nbsp; Toledo no s aacute;bado (14) um senhor de 54 anos que confessou ser o autor do tiro que atingiu Luiz Carlos da Costa Carlot, de 30 anos. Luiz teria invadido o apartamento da irm atilde; do autor do tiro, supostamente para praticar furto, quando foi baleado. De acordo com o morador, no in iacute;cio da madrugada de s aacute;bado ele estava dormindo quando disparou o alarme de um ve iacute;culo que estava estacionado no terreno do im oacute;vel. Ele foi verificar o que acontecia, momento em que viu sua irm atilde; em choque, apenas articulando. O morador diz que ent atilde;o foi at eacute; seu apartamento, pegou seu rev oacute;lver e foi at eacute; sua irm atilde;, que ent atilde;o lhe informou que havia um ladr atilde;o dentro do seu apartamento, no quatro de sua filha, que fica no primeiro piso do pr eacute;dio. O acusado diz que ent atilde;o foi socorrer sua sobrinha e quando entrou no apartamento viu a porta do quarto fechada e ent atilde;o ficou em sil ecirc;ncio, para verificar onde estava o invasor. O invasor ent atilde;o teria aberto a porta do quarto e dito, ao ver o tio da menina: ldquo;chegou a sua vez velho rdquo;. O tio da menina disse que pediu para que o invasor parasse, mas o mesmo teria dado a impress atilde;o de que iria lhe avan ccedil;ar com uma faca. Neste momento o morador teria atirado no invasor, que recuou e pulou do pr eacute;dio.
O acusado diz que sua inten ccedil; atilde;o n atilde;o era matar o invasor, mas cont ecirc;-lo. Ele afirmou que ficou sabendo da morte do invasor no dia seguinte, atrav eacute;s da imprensa. A sobrinha do acusado n atilde;o estava em casa, havia sa iacute;do com o namorado, e o tio dela e sua m atilde;e n atilde;o estariam sabendo disso.

lt;galeria / gt;

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS
TOPO