Brincando na Praça 2019
Policial Nova transferência de presos

Policiais contêm início de motim na cadeia rondonense; presos se diziam membros do PCC e do Comando Vermelho

Fotos: O Presente

 

Agentes penitenciários, com apoio de equipes das Polícias Militar e Civil e do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) controlaram os ânimos dos presos que iniciavam um motim na cadeia de Marechal Cândido Rondon.

Embora a ocorrência tenha sido registrada de madrugada, a transferência de três presos aconteceu por volta do meio-dia desta sexta-feira (17). A tentativa de motim foi constatada pelos agentes penitenciários da cadeia local na ala chamada “Seguro”.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

Três viaturas do Setor de Operações Especiais (SOE) do Departamento Penitenciário (Depen), com policiais fortemente armados, estiveram na cadeia para a transferência dos presos que se denominavam membros do Primeiro Comando da Capital (PCC) e do Comando Vermelho.

Trata-se da terceira transferência de presos da cadeia local nesta semana.

 

CRIMES

Responsáveis pela cadeia rondonense informaram ao O Presente, nesta tarde, que 95 elementos ainda permanecem no local.

Os três indivíduos transferidos ao meio-dia foram removidos à 15ª Subdivisão Policial em Cascavel, sendo que um responde por estupro, o outro por assalto e o terceiro por furto.

Conforme relatos, as constantes transferências visam desafogar a superlotação da estrutura e encaminhar à penitenciária os presos já condenados. Apesar de se dizerem membros de grupos como Comando Vermelho e PCC, a entrada dos presos na ala “Seguro” significa que eles já foram expulsos das facções criminosas.

 

O Presente

 

TOPO