Policial

Quatro pessoas são presas tentando entrar com dinheiro ilegal no Paraguai

A Polícia Federal de Foz do Iguaçu em conjunto com o Exército Brasileiro na Operação Ágata II realizou ontem (20) a prisão de quatro pessoas que tentavam deixar o território nacional com destino ao Paraguai, com dinheiro, dólares e reais, sem que fossem adotados os procedimentos legais.

Por volta das 09 horas de ontem dois brasileiros, de 19 e 26 anos, residentes em Foz do Iguaçu, foram detidos, quando tentavam deixar o Brasil pela Ponte Internacional da Amizade, com R$ 95 mil e R$ 80 mil respectivamente, escondidos nos seus corpos e roupas. 

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS

Já nesta quarta-feira (21), no período da manhã, militares do Exército Brasileiro detiveram duas pessoas, uma de nacionalidade paraguaia, 33 anos, e outro de nacionalidade libanesa, naturalizado paraguaio, mas residente em Foz, 45 anos, na Ponte Internacional da Amizade.

Com o primeiro que é residente no Paraguai foram encontrados 240 mil dólares americanos. As notas estavam grudadas com fita adesiva em seu corpo. Já com o segundo, foi apreendida a importância de R$ 40 mil. As notas estavam acondicionadas no porta-luvas de um veículo GM/Vectra de sua propriedade, emplacado na cidade de Foz do Iguaçu. 

O dinheiro foi encaminhado para guarda em estabelecimento bancário à disposição da Justiça Federal.

Todos os conduzidos foram presos em flagrante e recolhidos à Custódia. Após o interrogatório, indiciados no Artigo 22, parágrafo único da LEI 7.492/86 (Colarinho Branco), que estabelece uma pena de reclusão, que varia de dois a seis anos e multa.

TOPO