Policial

Suspeito de morte a facadas ainda não se apresentou

Uma pessoa se apresentou na Delegacia de Pol iacute;cia Civil de Marechal C acirc;ndido Rondon na segunda-feira (14) e assumiu ser a respons aacute;vel pela morte de Rog eacute;rio Batista Gomes, 25 anos, ocorrida na noite do uacute;ltimo dia 05, no Bairro S atilde;o Lucas. Detalhes da investiga ccedil; atilde;o est atilde;o sendo preservados pela pol iacute;cia. O que a reportagem de O Presente apurou ontem (15) eacute; que essa pessoa teria estado na festa junina que ocorria no bairro e se envolvido numa confus atilde;o com a v iacute;tima. O homic iacute;dio ocorreu durante a confus atilde;o. Rog eacute;rio foi morto a facadas. Posteriormente, um amigo dele tamb eacute;m foi esfaqueado, mas sobreviveu.
A pol iacute;cia ainda ouve outras pessoas para concluir o inqu eacute;rito, tendo em vista que o principal suspeito do crime eacute; um rapaz que ainda n atilde;o foi localizado. Ap oacute;s ser ouvida, a pessoa que assumiu ser a autora do crime foi liberada.

Caf eacute;
Na noite posterior ao dia em que Rog eacute;rio foi assassinado, o jovem Anderson Guimar atilde;es, o Caf eacute;, 16 anos, foi morto a tiros no mesmo bairro. Caf eacute; estaria na noite do dia 05 com a pessoa que se intitulou autora da morte de Rog eacute;rio. No dia seguinte ele teria ido ao bairro buscar sua bicicleta, quando um colega de Rog eacute;rio ficou sabendo de sua presen ccedil;a e o matou, numa suposta vingan ccedil;a.
A pol iacute;cia j aacute; identificou o autor da morte de Caf eacute;, mas ele ainda n atilde;o foi encontrado.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto
TOPO