Fale com a gente

Política Promoção da igualdade

Aprovado projeto que prevê políticas municipais de apoio ao empreendedorismo feminino

Publicado

em

(Foto: Divulgação)

A Câmara de Vereadores de Marechal Cândido Rondon aprovou em definitivo, na segunda-feira (13), o Projeto de Lei 33/2023, que prevê a implantação de políticas públicas municipais de incentivo às mulheres empreendedoras.

A matéria é de autoria do vereador Dionir Briesch (Sargento Dionir).

Ele explica que objetivo principal é promover a igualdade e a equidade de acesso para as mulheres na abertura de novos negócios e na consolidação de seus empreendimentos.

O vereador cita pesquisa nacional realizada pelo Sebrae em 2019. O órgão apurou que o número de empreendedoras que estão no estágio inicial do negócio (primeiros 42 meses) chegou a 16 milhões de mulheres, representando praticamente metade dos negócios que estavam na mesma fase em comparação a 2018.

Já as mulheres que conseguiram consolidar suas atividades comerciais correspondem a 34% dos negócios no Brasil, segundo o Sebrae. Contudo, o mesmo estudo estima que a conversão de empreendedora em dona do próprio negócio atinge uma proporção de aproximadamente 40% a menor para as mulheres, se comparadas aos homens.

“Apesar dos riscos de empreender serem menores para os homens, as mulheres têm representado um crescimento exponencial expressivo, dominando diversos setores da economia do País. Assim, não há dúvidas quanto a necessidade de impulsionar o empreendedorismo feminino também no nosso município”, reforça o Sargento Dionir.

De acordo com o projeto de lei aprovado, que agora segue para sanção ou veto do Poder Executivo Municipal, as políticas públicas locais de estímulo, incentivo, promoção e apoio à mulher empreendedora deverão contar com um sistema que envolva o governo municipal, as empreendedoras, as investidoras, as aceleradoras, as incubadoras, as universidades, as empresas, as associações de classe e prestadores de serviço.

Juntos, estes deverão promover ações público-privadas de incentivo para as micro e pequenas empresas, assim como estimular a criatividade econômica mediante capacitações e treinamentos, facilitar o acesso ao crédito e às novas tecnologias e desburocratizar as atividades regulatórias e fiscalizatórias do governo municipal, a fim de facilitar a criação de novas empresas locais.

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente