Copagril
Política Marechal Rondon

Câmara constitui Conselho de Ética, que deve apurar conduta de Adelar Neumann

Membros titulares Vanderlei Sauer (DEM), Josoé Pedralli (MDB) e Adriano Cottica (PP), e suplentes Arion Nasihgil (MDB) e Valdir Port (PTB) (Foto: Cristiano Viteck)

O Poder Legislativo de Marechal Cândido Rondon definiu ontem (11), durante a sessão ordinária, os vereadores que irão compor a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Casa de Leis para o biênio 2019-2020.
Por eleição, foram escolhidos como titulares Adriano Cottica (PP), Josoé Pedralli (MDB) e Vanderlei Sauer (DEM). Como suplentes os eleitos foram Arion Nasihgil (MDB) e Valdir Port (PTB).
A expectativa agora é para a definição de quem ocupará os cargos de presidente, relator e membro, o que deve ser feito no prazo máximo de cinco dias úteis, conforme prevê o Código de Ética e Decoro Parlamentar do Poder Legislativo.

 

Situação de vereador
Entre outras atribuições, o colegiado será responsável pela sindicância que deverá ser instaurada pelo Poder Legislativo para apurar irregularidades supostamente cometidas pelo vereador Adelar Neumann (DEM), 1º secretário.
Ele está preso desde o último dia 04 acusado de ficar com parte do salário de um servidor comissionado da prefeitura. Adelar foi preso durante operação decorrente de investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em conjunto com a 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Marechal Cândido Rondon.

Casa do Eletricista CÂMERAS

 

(Assessoria de Imprensa)

TOPO