Ford/Abradif/Rodovel
Política

Governo volta atrás e decide manter atividades de contraturno no Paraná

Divulgação

O Governo do Paraná voltou atrás e decidiu manter as atividades de contraturno nas escolas estaduais a partir desta segunda-feira (21). A medida, anunciada na semana passada, contribuiria para o corte de gastos e valeria para todo o estado a partir de sexta-feira (18).

Com a decisão, seriam suspensos, por exemplo, o apoio escolar, a prática de esportes e outras atividades.

No entanto, o governador Beto Richa (PSDB) entrou em contato com o secretário chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, determinando o retorno imediado das atividades complementares em todos os colégios do Paraná. Para Richa, não é o momento de interferir no trabalho realizado até agora.

Rossoni, por meio de nota, afirmou defender a continuidade do contraturno na rede estadual. O chefe da Casa Civil ainda prometeu esforços para achar outras soluções para que a Secretaria de Estado da Educação adeque as despesas sem cancelar as aulas complementares.

TOPO