Copagril
Política

Possivelmente meu processo vai ser arquivado

Arquivo/OP

Deputado federal Dilceu Sperafico: Nunca tive contato com nenhum dos dois delatores, nem por telefone e nem pessoalmente, e nunca mantive contato com nenhuma dessas empreiteiras que fazem parte desse esquema

Moradores da região Oeste do Paraná foram surpreendidos, na noite da última sexta-feira (06), com a divulgação dos nomes de políticos citados na Operação Lava Jato, que investiga desvio de recursos da Petrobras, a partir da delação premiada do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa. Nesta lista consta o deputado federal Dilceu Sperafico (PP) e de diversos outros parlamentares ligados ao Partido Progressista, além de deputados e senadores do PMDB, PT, PSDB e PTB, bem como outros políticos sem mandato.

A lista pegou muitos de surpresa porque Sperafico é um dos políticos mais influentes do Estado, com atuação reconhecida no municipalismo e no agronegócio. Ele soma seis mandatos consecutivamente na Câmara, tendo recebido mais de 150 mil votos no último pleito, em outubro de 2014.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

O parlamentar lembra que em momento algum foi dito que ele teria recebido dinheiro do doleiro ou do ex-diretor da Petrobras, comentando que o partido recebe doações em dinheiro de diversas empresas. Deixo claro que nunca tive contato com os delatores e essas empresas, automaticamente o meu nome não poderia aparecer na delação premiada, como apareceram praticamente todos os deputados do PP, que na grande maioria tenho certeza que não tiveram envolvimento com nenhuma das empresas, afirma.

 

Leia a matéria completa na edição impressa de hoje

TOPO