Fale com a gente

Política Exercicío financeiro do ano que vem

Previsão orçamentária de R$ 380 milhões para 2025 é aprovada pelo Legislativo

Valor é cerca de R$ 18 milhões a mais do que o total arrecadado em 2023 pelo município, que foi R$ 362 milhões

Publicado

em

Votação do projeto de lei foi concluído ontem (20), pelos vereadores (Foto: Cristiano Viteck)

A Câmara de Vereadores de Marechal Cândido Rondon aprovou ontem (20), em segunda e última votação, o Projeto de Lei 21/2024. A matéria contempla a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) da administração direta e indireta para o exercício financeiro de 2025.

Conforme a proposta aprovada, o orçamento geral foi estimado em R$ 380.728.500,00.

O valor é cerca de R$ 18 milhões a mais do que o total arrecadado em 2023 pelo unicípio, que foi R$ 362.134.636,48 – bem acima do que havia sido orçado: R$ 337 milhões.

Segundo explicou o prefeito Marcio Rauber na justificativa do projeto de lei, a previsão de receita para o ano que vem foi pautada na arrecadação dos últimos três exercícios financeiros, e levou em conta diversos fatores. Entre eles o crescimento econômico e as previsões de inflação e de transferências estaduais e federais.

“A proposta traduz a nossa preocupação e observância na condução de uma política financeira baseada no equilíbrio das contas públicas”, afirma o prefeito.

Do orçamento geral para 2025, caberá ao Poder Executivo a fatia de R$ 329.558.000,00.

Ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) a previsão orçamentária é de R$ 35.479.500,00.

Para o Poder Legislativo devem ser destinados R$ 11,7 milhões.

À Fundação Promotora de Eventos (Proem) caberá R$ 3,7 milhões.

Já o Fundo Municipal de Desenvolvimento (FMD) deverá receber R$ 291 mil.

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Continue Lendo

Copyright © 2017 O Presente