Copagril – Compras no Site
Ford Ranger 2021 + Territory
Política Ironia

Um “elogio” de Alckmin a Bonner no JN deu o que falar nas redes sociais

"Eu não tenho essas informações que você tem, até porque estão em segredo de Justiça. Você é mais poderoso do que eu. Consegue", disse (Foto: Reprodução/TV Globo)

Em comparação às entrevistas de Jair Bolsonaro (PSC) e Ciro Gomes (PDT) no Jornal Nacional, exibidas respectivamente na terça-feira (28) e na segunda-feira (27), a sabatina a Geraldo Alckmin (PSDB) feita por William Bonner e Renata Vasconcellos pode ter sido considerada pouco explosiva – mas não faltaram perguntas incisivas, acompanhadas de reações que, espontâneas, surpreenderam o público.

Alguns momentos provocaram forte repercussão nas redes. A discussão sobre o crescimento do PCC, por exemplo, e outras questões delicadas sobre o período em que governou São Paulo. Em uma das perguntas, Bonner e Renata trouxeram à baila Laurence Casagrande Lourenço, que foi secretário de Logística e Transportes e presidente da Dersa, estatal de transportes, no governo Alckmin. Ele está preso desde junho sob suspeita de favorecer empreiteiras na obra do trecho norte do Rodoanel.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

Além de ter defendido o executivo e classificado as acusações como injustas, o presidenciável acabou dando uma resposta inusitada ao apresentador:

“Eu não tenho essas informações que você tem, até porque estão em segredo de Justiça. Você é mais poderoso do que eu. Consegue”, disse.

O “elogio” (que, muitos notaram, teve um certo tom de ironia) repercutiu nas redes. Confira.

 

Com agências

TOPO