Fale com a gente

Silvana Nardello Nasihgil

Perdoar permite recomeçar

Publicado

em

Perdoar é uma atitude e um sentimento que nos permite recomeçar. Perdoar de verdade é uma atitude nobre para quem se disponibiliza viver em paz.

Agora, perdoar, perdoar e perdoar a mesma pessoa pelos erros repetitivos, daqueles que se repetem sem indicação que o perdão de agora é o ponto zero para os recomeços, mostra indícios de dependência emocional, baixa autoestima e carência.

Aceitamos muito pouco das pessoas por medo da solidão, por não sabermos como pode ser a vida depois se tivermos que seguir sem elas. E são justamente os medos que nos paralisam que embaçam os sentimentos, as emoções e as atitudes, afastando-nos de uma vida próspera e feliz.

Então, faz-se necessário um olhar real sobre as angústias provocadas pela aceitação de uma vida nada a ver. É necessário deixarmos os medos de lado e fazermos uma reflexão a respeito do futuro, de como nos sentimos e o que queremos viver.

Feito isso, é preciso fazer escolhas, aquelas que ninguém poderá fazer por nós. Quer seja ir ou ficar, precisa ser uma escolha embasada na consciência, levando em conta o que se vive e o que se espera e se deseja viver. Só a consciência daquilo que vivemos e uma escolha consciente têm o poder de afastar angústias. Quando escolhemos conscientemente viver relações tumultuadas, os sofrimentos já vêm inclusos e as consequências previstas. Neste caso, seria muito mais uma tentativa da busca por um ideal do que conformismo. Isso, sem dúvida, gera muito menos sofrimento.

Os sentimentos de não pertencimento abrem portas com indicação na contabilidade emocional que chega a hora de deixar para trás o que não faz mais sentido. Nessas horas é preciso igualmente avaliar as razões que impedem ficar e com serenidade tomar decisões.

Quando se escolhe ir embora da vida de alguém devemos lembrar que é uma escolha. Nessa decisão devem estar a reconstrução da vida, não cabendo vitimismo, porque ele impedirá os novos rumos e a possibilidade de encontrar as razões para uma vida feliz.

De uma coisa devemos ter certeza: existe vida além daquilo que vivemos hoje, existe futuro e ele pode ser incrível se acreditarmos nisso e fizermos escolhas positivas em favor da nossa saúde mental, da nossa paz interior na busca por aquilo que tenha grandes possibilidades de nos fazer feliz.

 

Silvana Nardello Nasihgil é psicóloga clínica com formação em terapia de casal e familiar (CRP – 08/21393)

silnn.adv@gmail.com

Continue Lendo

Facebook