Pref. Pato Bragado Natal em Canto 2019
Geral

Chuvas dobram volume de água nas Cataratas do Iguaçu

Cataratas do Iguaçu S.A.
Volume de água deve permanecer alto até o fim de semana

As chuvas que caíram sobre o Paraná entre a última sexta-feira (20) e ontem (23) mudaram o cenário nas Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu. Às 10 horas desta terça-feira (24), a vazão no maior conjunto de quedas d’água do mundo era de 3,87 milhões de litros por segundo (l/s), mais que o dobro do volume normal no atrativo, que neste período varia de 1,2 milhão l/s a 1,5 milhão l/s.

Como explicam os técnicos da Divisão de Gerenciamento de Recursos Hídricos da Copel, a quantidade maior água é influência direta da chuva que atingiu toda a bacia do Rio Iguaçu nos últimos dias, em especial nas regiões sul, centro-sul e sudoeste do Paraná. A previsão é que a vazão no atrativo continue alta até pelo menos o fim de semana, pois ao menos três das cinco usinas hidrelétricas instaladas ao logo do rio estão vertendo o excedente de água dos reservatórios.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

De acordo com a Somar Meteorologia, algumas cidades registraram em três dias de chuva quase o aguardado para o mês inteiro. Em União da Vitória, entre os dias 21 e 23 choveu 107,8 milímetros (mm), 71,5% do histórico de setembro. Já em Guarapuava, nos Campos Gerais, foram 149,4 mm, ou 94% da média. Na região de General Carneiro, as estações registraram 73,9 mm, quase metade do esperado. Na capital, choveu 110 mm, o que equivale a 95% da média de setembro.

O cenário de grandes precipitações deve voltar a se repetir em todo o Paraná, começando pela região oeste, a partir de sábado (28), quando a instabilidade ganha força e segue até a próxima terça-feira (1º). Até lá a sensação de frio, principalmente pela manhã, continua.

TOPO