Ford/Abradif/Rodovel
Geral

Governo da Indonésia planeja execução de mais 11 condenados

O governo da Indonésia revelou ter colocado em andamento um plano para executar outros 11 presos no corredor da morte do país, informa o jornal Jakarta Post. Segundo a imprensa indonésia, o brasileiro Rodrigo Gularte, de 42 anos, condenado por tráfico de drogas, estaria na lista. As autoridades locais não divulgaram a lista com os nomes dos presos que serão executados.

Gularte, de 42 anos, foi condenado à pena máxima em 2005 por ingressar na Indonésia com seis quilos de cocaína escondidos em pranchas de surf.

O procurador-geral do país, Muhammad Prasetyo, disse a uma comissão do Parlamento na quarta-feira (28) que seu escritório está trabalhando com possíveis datas e também locais para que as penas sejam cumpridas.

Prasetyo apenas informou que as execuções devem ocorrer na ilha isolada de Nusakambangan, considerada um local ideal, devido a medidas de segurança.

Após a reunião, ele disse à imprensa local que a execução deve incluir também dois australianos no corredor da morte.

Segundo o Jakarta Post, as execuções devem ser realizadas no mês de fevereiro. A procuradoria-geral, entretanto, não deu nenhuma indicação sobre a data do cumprimento das penas.

TOPO