Fale com a gente

Marechal Luto

Falece o rondonense Renan Francisco Schroeder, aos 30 anos

Publicado

em

(Foto: Divulgação)

O rondonense Renan Francisco Schroeder, de 30 anos, faleceu na noite de sábado (17), devido a complicações no seu estado de saúde.

Renan ficou tetraplégico em 2018, após levar um tiro em uma tentativa de assalto. Desde então, ele precisava de aparelho para respirar.

Velório

O velório vai acontecer na sala de velórios da Igreja Martin Luther, onde, às 16 horas, haverá culto, seguido de sepultamento no cemitério municipal.

História e marcas

Em 2020, O Presente fez uma matéria com Renan e sua família. Eles falaram, na oportunidade, sobre as dores profundas e agudas na cabeça do jovem, a paralisia que lhe mantinha em um leito hospitalar dentro de casa e a traqueostomia que dificultava sua comunicação – algumas das marcas deixadas pelo tiro covarde que ele levou em 22 de janeiro de 2018.

CLIQUE AQUI e relembre.

O assalto

O tiro que vitimou Renan ocorreu durante um assalto, quando um trio armado invadiu a casa da sua família, no dia 22 de janeiro de 2018. Na época, ele tinha 25 anos de idade. Renan sofreu uma lesão na medula após a bala ter se alojado em sua coluna. Por conta disso, ele perdeu a mobilidade do corpo e desde então passou a respirar com a ajuda de um respirador mecânico. 

Amante do ciclismo e sócio de uma bicicletaria, Renan primeiro travou uma batalha pela vida na UTI, onde permaneceu por 105 dias. Depois, já em casa, teve sua rotina totalmente modificada. Ao invés de pedalar e pescar, coisas que amava fazer antes, Renan passou a fazer sessões de fisioterapia, fonoaudiologia e psicologia, para ter um mínimo de qualidade de vida e reduzir suas dores físicas e psicológicas decorrentes do trauma.

Os autores do crime não foram localizados e sequer identificados.

O Presente com Preto no Branco

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente