Brincando na Praça 2019
Paraná

Em 24 horas, Maringá registra metade da chuva de todo o mês de maio

Reprodução/RPC TV

 

Em menos de 24 horas, Maringá, no norte do Paraná, registrou metade da chuva esperada para todo o mês de maio, segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar). Da zero hora até as 19 horas de sexta-feira (19), havia chovido 60 milímetros na cidade.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

As rajadas de vento chegaram a 50 km/h e causaram estragos. No Parque Laranjeiras, uma árvore caiu sobre um carro, e um galho atravessou o para-brisa e o banco do passageiro, deixando duas pessoas feridas, no início da tarde de sexta. Uma criança de 12 anos estava no banco do passageiros e foi salva pelo rapaz que estava no banco de trás do carro. O rapaz e a menina tiveram ferimentos leves, foram levados ao hospital e já receberam alta.

Aproximadamente 500 casas e comércios estavam sem energia na cidade, por volta das 19h30 de sexta, segundo a Companhia Paranaense de Energia (Copel).

Outras pessoas também tiveram transtornos com a chuva. Uma delas é o Roberto que tem comércio na Avenida Alício Arantes Campolina com a Rua José Luiz do Rego, na Vila Esperança.

Segundo o comerciantes, quando chove, uma enxurrada desce a avenida deixando os comércios alagados.

Segundo a Prefeitura de Maringá, houve uma irregularidade na licitação da obra de duplicação da avenida e a administração municipal está tentando corrigir o problema para a empresa poder continuar a obra. Ainda não há prazo que isso ocorra.

Sobre o cascalho, o secretario de Serviços Públicos informou que deve ir até o local para analisar o que pode ser feito.

TOPO