Poder Legislativo "Narrativas fantasiosas"

Nilson Hachmann nega acusações e divulga carta à população rondonense

Vereador Nilson Hachmann: "Quem conhece o vereador (Pedralli) sabe que o mesmo é conhecido por plantar discórdias e falsas denúncias por onde passa" (Foto: Cristiano Viteck)

 

O vereador Nilson Hachmann (PSC) divulgou nesta sexta-feira (1º) carta à população de Marechal Cândido Rondon. Ele responde a acusação feita contra ele, ontem (28), pelo vereador Josoé Pedralli (MDB). Na nota, Nilson classificou as denúncias como “mentiras, calúnias e falsas acusações”.

Josoé Pedralli protocolou no Poder Legislativo denúncia em que afirma que, desde 2009, Nilson estaria utilizando empresas jurídicas em nome de terceiros, mas que seriam de propriedade dele, para participar de processos licitatórios e fazer venda direta à Prefeitura.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

Nilson Hachmann foi secretário municipal de Viação e Obras de 2009 a 2012 e, atualmente, exerce cargo de vereador em mandato assumido em 2017.

Na carta: Nilson afirma que, em mais de 20 anos atuando na vida pública, jamais desviou recursos públicos e que as alegações de Josoé Pedralli são “narrativas fantasiosas”.

 

 

CARTA AOS CIDADÃOS RONDONENSES

Me causa espanto a criatividade do vereador doutor Pedralli em criar narrativas fantasiosas. Quem conhece o vereador sabe que o mesmo é conhecido por plantar discórdias e falsas denúncias por onde passa.

A princípio, não iria me manifestar a respeito das mentiras, calúnias e falsas acusações do vereador doutor Pedralli. Mas, eu devo satisfação aos meus familiares, eleitores e pessoas de bem do nosso município.

Tenho mais de 20 anos de vida pública. Nunca fui denunciado por desvio de recursos. Sempre trabalhei muito, apresentando bons projetos e trazendo recursos que muito auxiliaram o homem do interior e dos bairros do nosso município.

Uma coisa me causa muita estranheza. O vereador doutor Pedralli, que tem oito anos seguidos de mandato e foi líder do governo passado, se realmente acredita nas suas acusações fantasiosas, por que não se pronunciou na época do governo passado?

Conivência ou incompetência?

Me entristece muito o fato do vereador falar em valores absurdos e nunca falou que as obras foram executadas pelas empresas, legitimamente ganhadoras de licitações da Prefeitura Municipal. E, por sinal, com boa qualidade. Eu visito as obras em todo o município e as obras, nós todos podemos comprovar, foram realmente executadas e com ótima qualidade.

Estranho também que agora, às vésperas do julgamento da cassação de um colega vereador, ele protocolou este pedido. Qual o verdadeiro motivo? Confundir a opinião pública? Amedrontar algum vereador para mudar de opinião?

Desde já coloco à disposição de qualquer cidadão rondonense, de todos os vereadores, da Mesa Diretiva, a minha declaração de imposto de renda, o meu extrato bancário. E faço aqui um desafio: que o vereador se debruce sobre esses documentos e encontre um centavo, apenas um único centavo de desvio de dinheiro público em meus 20 anos como homem público do município de Marechal Cândido Rondon.

 

NILSON HACHMANN

Vereador

 

Com assessoria

 

TOPO