Copagril – Compras no Site
Poder Legislativo Comunicado oficial

Reinar Seyboth protocola renúncia ao mandato de vereador em Marechal Rondon

Reinar Seyboth renunciou, hoje, oficialmente ao mandato de vereador (Foto: Divulgação)

 

Na manhã de hoje (22), o suplente Reinar Seyboth (DEM) comunicou oficialmente ao Poder Legislativo de Marechal Cândido Rondon que não assumirá a cadeira de vereador que está vaga desde 04 de fevereiro, quando aconteceu a prisão de Adelar Neumann (DEM). No ofício protocolado na Secretaria da Câmara, Reinar afirma que “de forma legal e regimental”, ele renuncia “expressa e irrevogavelmente” ao mandato de vereador.

Convocado na terça-feira (19) para assumir a vaga, Reinar já havia se manifestado através da imprensa que, no contexto do seu trabalho atual com o secretário municipal de Coordenação e Planejamento, não teria interesse em atuar no Poder Legislativo.

Casa do Eletricista – GENCO

Além disso, no ofício encaminhado hoje à Câmara, Reinar fala em “insegurança jurídica”, devido ao fato de que a prisão de Adelar Neumann, que não está condenado, pode ser revogada a qualquer momento. Assim, Adelar poderia reassumir o cargo e Reinar voltaria à suplência.

Com a renúncia do primeiro suplente, o Poder Legislativo deverá convocar para assumir a cadeira o segundo suplente, advogado Walmor Mergener (DEM). A convocação, no entanto, deverá acontecer na terça-feira (26).

Isso se dá em razão do artigo 229 do Regimento Interno da Câmara de Vereadores, que determina que a renúncia ao cargo somente é oficializada após a leitura da mesma em sessão, o que acontecerá na segunda-feira (25).

“Vamos seguir o que determina o Regimento Interno”, afirma o presidente Claudio Kohler (Claudinho).

 

Com assessoria

TOPO