Copagril
Policial

BPFron apresenta Sistema de videomonitoramento em São Miguel

Josnei Wolfart
Prefeito Claudio Dutra e o Major Erich Osternack, durante reunião sobre o sistema de videomonitoramento

O comandante do Batalhão de Polícia de Fronteira, Major Erich Osternack, esteve ontem (15) em São Miguel do Iguaçu para apresentar o Sistema de videomonitoramento que será instalado no município. A reunião foi realizada na Câmara Municipal e contou com a presença do prefeito Claudio Dutra e de autoridades em geral.

Estiveram presentes: o comandante da Polícia Militar, Rogério Álvaro Maciel, o delegado de Polícia Civil, Valmor Treib, secretários e diretores, vereadores, representantes do Conselho Comunitário de Segurança, representantes da Associação Comercial e servidores públicos.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Erich Osternack explicou que o Sistema de Videonomitoramento será implementado pelos órgãos estaduais e municipais de segurança pública situados na Faixa de Fronteira, no âmbito da Estratégia Nacional de Segurança Pública (ENAFRON). São 57 câmeras de videomonitoramento para as cidades gêmeas e da Fronteira: Guaíra, Marechal Cândido Rondon, Santa Helena, São Miguel do Iguaçu, Santo Antônio do Sudoeste e Barracão.

Em São Miguel serão instaladas dez câmeras em postes de 12 metros de altura, com dispositivo de segurança contra vândalos e furtos. Os pontos de instalação são estratégicos nas entradas e saídas da cidade. A captação pelas câmeras será em quatro direções e todos os órgãos de segurança pública terão acesso às imagens. O sistema ficará concentrado na Polícia Militar.

“São Miguel foi escolhida pela questão geográfica, populacional, pela rota do crime organizado, contrabando de armas e drogas e, também, pelo entroncamento rodoviário”, pontuou. Osternack disse que o levantamento de campo já foi feito pela Diretoria de Desenvolvimento, Tecnologia e Qualidade da PM e o projeto já está inserido no Sistema de Convênios do governo federal.

“Tão logo aprovado pelo Ministério da Justiça, a Secretaria de Estado de Segurança Pública recebe o recurso e abre o processo licitatório para aquisição do sistema e das câmaras e implementação do monitoramento que auxiliará muito na segurança da comunidade”, acrescentou. A previsão é que isso ocorra até o primeiro semestre de 2014.

Para o prefeito, o sistema de videomonitoramento irá proporcionar mais segurança para as pessoas. “Esse sistema irá contribuir muito para monitorar e combater o crime organizado de toda a região. Graças à parceria que temos com o governo do estado, estamos conseguindo via governo federal essa ajuda que será realidade nos próximos meses, quando será instalado mais esse equipamento de segurança para a população”, afirmou.

TOPO