Pref. MCR Novembro Azul.
Policial

Homens com revólver e marreta dão trabalho à polícia

Um homem armado, dando tiros dentro de sua pr oacute;pria resid ecirc;ncia, sob efeito de uma combina ccedil; atilde;o perigosa: aacute;lcool e rem eacute;dio antidepressivo; e, em outra casa, um outro homem, com sintomas de embriaguez, quebrando objetos dentro de casa, armado com uma marreta. Os casos aconteceram no final de semana, em Marechal C acirc;ndido Rondon, nos bairros Barcelona e Primavera, respectivamente.
No domingo (27), no Barcelona, um trabalhador de 39 anos se trancou dentro de sua casa e come ccedil;ou a efetuar tiros com um rev oacute;lver. A Pol iacute;cia Militar foi acionada e v aacute;rios servidores se deslocaram para o local. A pol iacute;cia iniciou as negocia ccedil; otilde;es para que o homem se entregasse, mas, num primeiro momento, ele se mostrou irredut iacute;vel, dizendo que iria se matar caso o im oacute;vel fosse invadido. Mesmo com a presen ccedil;a da pol iacute;cia o homem continuava a efetuar tiros.
Em pouco tempo muitas pessoas se acumularam nas redondezas para ver o desfecho da hist oacute;ria. A rodovia que passa ao lado do bairro, ligando Marechal Rondon a Nova Santa Rosa, foi interditada, com apoio da Pol iacute;cia Rodovi aacute;ria de Quatro Pontes, para seguran ccedil;a dos transeuntes. A Pol iacute;cia Civil tamb eacute;m esteve no local para as negocia ccedil; otilde;es. Quando estava escurecendo, os policiais convenceram o homem a se entregar. Os servidores apreenderam um rev oacute;lver 38 e 13 cartuchos deflagrados e 16 intactos. O homem foi encaminhado para a Unidade de Sa uacute;de 24 Horas, haja vista que estava com alguns ferimentos, e depois para a Delegacia de Pol iacute;cia Civil, onde est aacute; respondendo por porte ilegal de arma de fogo e pelos tiros que efetuou. N atilde;o houve registro de baleado.

Primavera
J aacute; na noite de s aacute;bado (26), no Primavera, um rapaz de 35 anos chegou em casa com sintomas de embriaguez e come ccedil;ou a quebrar objetos da resid ecirc;ncia. Ap oacute;s, de posse de uma marreta, ele teria come ccedil;ado a danificar um autom oacute;vel de seus irm atilde;os e acabou derrubando uma moto dos mesmos. A m atilde;e do agressor, uma senhora de 60 anos, tentou conter o filho e acabou com a m atilde;o esquerda machucada. Ela foi levada para a Unidade de Sa uacute;de 24 Horas. Enquanto isso, a Pol iacute;cia Militar foi acionada e perto da casa conseguiu prender o agressor. Ele foi encontrado com um p eacute; cortado por cacos de vidros do autom oacute;vel que danificou. O homem disse que ficou revoltado ao chegar em casa e ser criticado por estar ldquo;tomado rdquo;.
A idosa, sua m atilde;e, contou que o rapaz amea ccedil;a a ela e seus filhos, irm atilde;os do agressor, dizendo que ir aacute; colocar fogo na casa, matando os moradores queimados. A m atilde;e ainda criticou o filho por ele ter 35 anos e n atilde;o ajudar nas despesas da casa. O agressor foi detido por dano e les atilde;o corporal.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

lt;galeria / gt;

TOPO