Policial

Polícia Civil ganha nova sede administrativa

Enquanto a Delegacia Cidadã não fica pronta, uma casa, na esquina das ruas Cabral e Goiás, foi alugada pelo Poder Público de Marechal Cândido Rondon para que a parte administrativa da Polícia Civil seja realocada. Não há data definida para a mudança.

O atual prédio da delegacia deve ser readequado para ficar única e exclusivamente com a carceragem. Para o chefe regional de Cadeias Públicas da 8ª Região, Ari Batista da Silva, a medida de readequação do atual prédio para receber somente a carceragem é definitiva.

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS

Não é a mesma opinião do delegado de Polícia Civil de Palotina, Edgar Dias Santana, que atualmente responde pela Delegacia em Marechal Rondon. “No primeiro momento, esse é um importante passo. Entretanto, a medida é paliativa. O local (atual prédio da Civil) não tem condições nenhuma para abrigar os presos. A localização no centro não é apropriada e entendo que o caminho mais correto seria a construção de uma nova cadeia em outro local”, diz.

A Delegacia Cidadã tem o objetivo de separar o atendimento ao público da carceragem. O projeto se preocupa com a otimização de espaços. O acesso ao público será separado do acesso de funcionários. São previstos ambientes como recepção, sala de espera e ilha de atendimento para elaboração de boletins de ocorrência e serviços do Fundo Especial de Reequipamento Policial (Funrespol).

Constam ainda o gabinete para o delegado-chefe, banheiros, cartório, superintendência, secretaria, plantão, alojamento, refeitório, depósito, setor de detenção provisória com parlatório, sala de reconhecimento, triagem e compartimentos para homens, mulheres e adolescentes, além do Instituto de Identificação do Paraná.

TOPO