Copagril
Policial

Quatro jovens são presos com veículo roubado que servia como batedor

A Polícia Rodoviária Federal no município de Terra Roxa, na BR-272 realizou na noite de ontem (16) a prisão de quatro jovens que faziam o serviço de batedores com um veículo roubado em São Paulo.

Segundo a PRF, durante a Operação Sentinela, duas equipes da PRF deram ordem de parada a um veículo Toyota Corolla, na BR-272, que seguia sentido Guaíra – Umuarama. O motorista desobedeceu à ordem e empreendeu fuga.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

Por 17 km o motorista efetuou fuga da polícia, atingindo velocidade de 200 km/h, transitando em luz apagada, efetuando manobra de 180 graus e conduzindo em direção ao veículo da PRF, com o objetivo de confundir os policiais. Não obtendo sucesso, em um determinado momento o veículo entrou em alta velocidade em uma plantação de milho.

A Polícia seguiu o veículo e conseguiu abordar seus ocupantes. Quatro jovens foram dominados, sendo dois rapazes de 20 anos, um de 23 e o motorista, de 24 anos. Os ocupantes tentaram descartar uma arma e munições na plantação, mas estas foram localizadas pelos policiais.

Com os jovens foi apreendido um revólver de fabricação argentina calibre 38 municiado com seis cartuchos e mais 41 munições de origem estrangeira. No interior do carro também havia um rádio comunicador.

Os ocupantes acabaram confessando que realizam serviço de batedor para cargas de cigarro e que haviam comprado o revólver e munições ontem na cidade de Salto del Guairá- Paraguai.

Segundo a PRF, anotações encontradas em um caderno  no veículo levaram os policiais a crer que realmente os ocupantes costumam realizar serviços de batedor.

Em uma verificação mais detalhada, já no posto da PRF de Guaíra os policiais puderam constatar que o veículo, que tinha placas ELB-7077 de São Paulo, na verdade se tratava de um carro com placas EMY-4126, clonado, roubado na cidade de São Paulo em 13 de julho de 2011. A numeração original do chassi foi encontrada debaixo da marcação falsa, sendo que os falsificadores colaram uma chapa sobre o numeral original.

O condutor do veículo, o jovem de 24 anos, possui CNH cassada no DETRAN do Paraná. Ele será processado por crime de trânsito, além de outros crimes em conjunto com seus parceiros, como formação de quadrilha, receptação de carro roubado e tráfico internacional de arma e munições.

TOPO