Copagril
Policial

Suspeito de matar e estuprar adolescente no PR é preso

A equipe de policiais civis que investiga o “Caso Tayná” prendeu, em conjunto com policiais de Santa Catarina, o suspeito de estuprar e matar a menina Gabriele Fidelis de Lima, de 15 anos. Everton Aguinaldo da Silva Marques, de 26 anos, foi detido na quinta-feira (25), no município de Ilhota (SC).

O crime ocorreu no dia 9 de março deste ano, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Segundo informações repassadas pela Polícia Civil, os policiais, coordenados pelos delegados Guilherme Rangel e Rafael Vianna, investigavam Silva Marques para verificar se existia relação com o “Caso Tayná”, o que não foi confirmado pelo exame de DNA, realizado pela Polícia Científica do Paraná. 

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

O crime

Gabriele Fidelis de Lima, de 15 anos, foi violentada e asfixiada. A vítima havia ido a uma festa com amigos e, na volta para casa, durante a madrugada, percorreu um trecho sozinha, quando foi abordada pelo suspeito. Ainda de acordo com a Polícia, no mês de junho, exame de DNA possibilitou a identificação do autor do estupro e da morte. Silva Marques teve então imagens divulgadas. 

Os delegados contaram que o trabalho iniciou com o levantamento do local do crime. Amostras do sêmen deixado na vítima foram coletadas e encaminhadas para exames no laboratório de DNA. Neste setor, foi feito o confronto do sangue coletado no depoimento que o suspeito já havia prestado com o sêmen encontrado na vítima, confirmando que as amostras eram da mesma pessoa. As investigações relacionadas ao caso Tayná continuam.

TOPO