Copagril
Política

Conselho Estadual autoriza continuação da municipalização do trânsito rondonense

Cristiano Viteck
Vereador Arlen Güttges: a próxima administração pode dar continuidade ao processo

Na sessão de ontem (19) do Poder Legislativo, o vereador Arlen Güttges usou a tribuna para anunciar que Marechal Cândido Rondon está autorizado a continuar o processo de municipalização do trânsito.  Parecer favorável foi emitido no último dia 06 pelo Conselho Estadual de Trânsito do Paraná (Cetran-PR).

Casa do Eletricista PISCINAS

Conforme consta em ata de reunião do órgão, o município cumpriu todos os requisitos documentais para se integrar ao Sistema Nacional de Trânsito, encerrando assim a primeira fase do processo. Na sequência, o município receberá vistoria in loco por comissão formada por técnicos do Cetran-PR, em data ainda a ser definida.

O Conselho Estadual começou a analisar o pedido de municipalização em 24 de fevereiro deste ano. Na avaliação de Arlen Güttges, da forma como Marechal Cândido Rondon está conduzindo o processo, muito em breve poderá ocorrer a municipalização.

É um momento de comemorarmos um resultado que foi plantado ainda quando eu ocupava a Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito. Uma vez inseridos no Sistema Nacional de Trânsito passaremos a fazer a gestão deste setor dentro do município. Isso quer dizer que teremos, por exemplo, a criação da Guarda Municipal, que é um passo já iniciado em fevereiro para que a próxima administração possa dar continuidade a este processo, que é muito importante, avalia.

Alguns dos benefícios da municipalização é que ela permite que os gestores locais criem condições mais seguras ao cidadão para transitar pela cidade, com a realização de obras, ordenação do fluxo de veículos, regulamentação de estacionamentos e o desenvolvimento de programas educacionais de trânsito voltados à realidade local.

TOPO