Política

Hackers invadem site pessoal de Michel Temer

 

Reprodução
A home hackeada do site de Michel Temer: manifestação apartidária

 

O site do presidente Michel Temer foi invadido neste sábado (31) por hackers. Pela manhã, a página, que usa os tons verde e amarelo, tinha um fundo preto e palavras que bradavam contra os políticos e o Congresso Nacional. O site voltou ao normal à tarde.

Batemos de frente, e querendo ou não tem que RESPEITAR!, dizia a mensagem, assinada por Anarchy Ghost (Fantasma Anarquista). Quando a última árvore tiver caído, quando o último rio tiver secado, quando o último peixe for pescado, vocês vão entender que dinheiro não se come. Eu quero pena de morte pra quem tá no Congresso, vocês que deveriam responder por crime hediondo. O hacker se diz apartidário. Antes de me chamar de esquerda ou direita, eu quero é que se dane a direita, meio e esquerda! Danem-se os partidos, escreveu.

Casa do Eletricista – TORNEIRAS ELÉTRICAS

O site de Michel Temer é mantido pelo seu partido, o PMDB, e divulga informações sobre o político. Mas não se trata de uma página oficial da Presidência da República.

TOPO