Copagril
Política

Mercedes projeta mais de R$ 3,5 milhões em investimentos

 

Maria Cristina Kunzler/OP
Prefeita Cleci Loffi

 

O ano deve ser marcado por intensas agendas em Curitiba e Brasília, tanto por parte dos novos prefeitos como dos prefeitos reeleitos, com o objetivo de manter contatos políticos e dar encaminhamentos na tentativa de obter verbas das esferas estadual e federal. Isto porque em 2018 haverá eleições e o período eleitoral impõe restrições na transferência de recursos. Em Mercedes, a prefeitura conta com uma situação financeira, de momento, considerada tranquila, o que tem permitido ao município manter todas as certidões negativas necessárias para não haver impedimento legal na conquista de novos investimentos. A informação é da prefeita Cleci Loffi.

Como já vínhamos falando desde o ano passado, sabemos que as expectativas econômicas não são as mais favoráveis para o Brasil no curto e médio prazos. Então tanto Mercedes como os municípios da região estão tendo muita cautela sobre o que faremos. Para podermos administrar precisamos buscar os parceiros para concretizar as obras, melhorias e programas que pretendemos criar, expõe.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

Devido a isso, há poucos dias a gestora esteve em Curitiba para manter contatos com deputados estaduais, indiferente de siglas e se integram os grupos de oposição ou situação, mas que fi zeram votos em Mercedes. Na ocasião, a prefeita expôs as principais necessidades e ela enaltece que saiu satisfeita dos encontros. Só de emendas parlamentares conseguimos um valor bem significativo, que ultrapassa R$ 800 mil, revela.

Os deputados Mauro Moraes, José Carlos Schiavinato e Marcio Nunes viabilizaram R$ 300 mil, R$ 150 mil e R$ 100 mil, respectivamente, que serão utilizados em emulsão asfáltica para recape tanto na área urbana como rural. Só para emulsão conseguimos R$ 600 mil para trabalhar recape asfáltico sobre pavimentação poliédrica, o que permite executar um trecho de aproximadamente quatro quilômetros, frisa Cleci. Ademir Bier e André Bueno conseguiram, cada um, R$ 100 mil para a saúde. Ficamos felizes porque estes deputados fizeram votos em Mercedes e perceberam a necessidade destes investimentos no município, menciona.

Aproveitando a estada em Curitiba, a chefe do Poder Executivo esteve no Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para dar início à tramitação para construção de uma nova ponte que liga os municípios de Mercedes e Nova Santa Rosa, na linha de Sanga Forquilha. Existe uma ponte de muitos anos e Mercedes vem fazendo a manutenção. Contudo, até em razão da construção da usina hidrelétrica da Cercar, constatou-se que o nível da água do rio subiu e há aí outro motivo para a necessidade de novo investimento. Os produtores solicitaram que seja feita uma ponte de concreto. No DER conseguimos todas as vigas e conversamos com o município de Nova Santa Rosa para que cada um, dentro desta parceria, faça a sua parte. Vamos formalizar um convênio que será administrado pela prefeitura mercedense. O valor do investimento deve alcançar aproximadamente R$ 350 mil, informa.

No Instituto das Águas, por sua vez, a prefeita voltou a cobrar a liberação de tubos para investir no distrito de Três Irmãs. Nesta visita fui informada que o Estado fez uma licitação para aquisição de tubos. O Instituto das Águas tem o material necessário e Mercedes foi contemplado com 519 tubos de 1,2 metro a bitola, ultrapassando R$ 250 mil. Os documentos estão sendo encaminhados a Curitiba para a formalização de novo convênio e o investimento ocorrerá em duas etapas: a primeira prevê 300 metros e a segunda 219 metros, cita.

 

FINANCIAMENTO

Cleci aproveitou para participar de uma audiência com o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni. Na oportunidade, discutiu com ele a viabilidade do município em contratar linhas de financiamento. A demanda apresentada chega a R$ 1,8 milhão para a compra de um rolo compactador, dois caminhões e reforma e ampliação do ginásio de esportes. Contudo, só foram liberados R$ 600 mil. O restante – R$ 1,2 milhão – ficou para um segundo momento. Vamos buscar este recurso, pois o município possui condições para contratar este financiamento, declara a mandatária.

 

RECURSOS FEDERAIS

Na esfera federal, o deputado Dilceu Sperafico viabilizou emenda de R$ 100 mil para custeio na saúde e outros cerca de R$ 350 mil para aquisição de uma escavadeira hidráulica; Zeca Dirceu conquistou R$ 100 mil para custeio na saúde; e Sérgio Souza disponibilizou uma retroescavadeira e houve nesta semana a confirmação de R$ 336 mil para o início da edificação do centro voltado aos cuidados dos idosos, que foi uma proposta apresentada na campanha. Outros investimentos na educação e saúde devem ser confirmados nos próximos dias, destaca.

 

INVESTIMENTOS

Com as contrapartidas do município, a gestora diz que os investimentos totais neste ano devem passar de R$ 2,8 milhões. É um valor significativo que vamos trabalhar neste ano em obras, projetos e programas a partir destas parcerias que vão beneficiar nossa população, aponta. Por outro lado, ela frisa que um dos focos no momento está sendo concluir obras em que não foi possível terminar ano passado. Exemplo disso está no novo sistema de produção e abastecimento de água, o lago municipal e na educação.

Em cerca de 100 dias queremos finalizar o lago municipal. Entrou no processo de licitação a parte de arborização, implantação de uma quadra de areia, melhorias na iluminação e banheiros. O local já está sendo utilizado e, assim que concluído, promete ser um novo cartão-postal no município. São praticamente dois alqueires de terra e é um local muito bonito. Nesta segunda fase os investimentos são todos com recursos próprios, na qual disponibilizaremos em torno de R$ 300 mil, detalha a prefeita, acrescentando: Na educação está em fase de construção e ampliação o ginásio de esportes de Três Irmãs e novas salas de aula. São R$ 400 mil em investimento e também com recursos próprios. E está em fase final o projeto para ampliação da creche com a edificação de mais três salas de aula para atender a demanda, conclui.

 

Município prestes a conquistar 100% de distribuição de água

 

A Prefeitura de Mercedes recebeu, na semana passada, a última parcela, de um total de quatro, da Fundação Nacional de Saúde referente à implantação do novo sistema de água. O último pagamento totalizou R$ 306 mil. Segundo o secretário de Administração e Finanças, Vilson Martins, com isso a empresa responsável poderá, nos próximos dias, finalizar a obra que está sendo realizada nas dependências do Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae).

Ele explica que as condições de abastecimento de água foram melhoradas com a instalação de duas novas caixas de água, uma de 400 mil litros que está servindo de reservatório e a outra de 100 mil litros destinada à distribuição. Com o restante da obra a ser concluída os problemas de turbidez e de falta de água serão sanados, afirma. Do poço artesiano, que está localizado na Linha São Marcos, até a sede do município foram instalados cerca de cinco quilômetros de canos, tubos e ligações.

No total, o novo sistema receberá um investimento de R$ 1,5 milhão. Com o novo sistema em pleno funcionamento será possível ampliar e melhorar as condições de abastecimento. De três anos para cá houve um aumento na demanda da água, que antes era de no máximo 30 mil litros diários e, atualmente, chegamos a um consumo de mais de 60 mil, comenta Martins.

 

IMPORTÂNCIA

A prefeita complementa que a obra, que começou em 2014, deve ser concluída e entregue à comunidade dentro de 60 dias. Estou como prefeita, mas também sou dona de casa e sofri, assim como nossos moradores, com os mesmos problemas, como falta de água e água suja. Agora este problema está praticamente resolvido. Com o reservatório de meio milhão de litros o corte no abastecimento ocorre eventualmente para alguma manutenção do sistema. Indiscutivelmente a qualidade da água é hoje um problema praticamente sanado em Mercedes, comemora.

Além disso, ela salienta que no interior está sendo finalizada a última rede de água. Acreditamos que igualmente em 60 dias poderá ser inaugurado o novo sistema. Desta forma o município de Mercedes atingirá 100% de distribuição e encanamento de água. Não significa que 100% da população será atendida, pois alguns munícipes optaram em não utilizar a água do sistema, detalha.

TOPO