Fale com a gente

Editorial

Festa para Rondon e para a vida

Publicado

em

Entre os dias 21 e 25 de julho, ou seja, em aproximadamente um mês, Marechal Cândido Rondon vai realizar, mais uma vez, a Expo Rondon, evento que marcará os 62 anos de emancipação do município.

Shows com artistas locais, regionais e nacionais, exposição do comércio, exposição de empresas ligadas ao agronegócio, rodeio e uma gastronomia pra lá de variada, com destaque para a Festa Nacional do Boi no Rolete, serão algumas das atrações para o público que prestigiar a programação.

Milhares de pessoas, de toda a região e até de Estados e países vizinhos, devem passar pelo Parque de Exposições, palco da festa, durante os cinco dias de evento.

Na solenidade de lançamento da Expo Rondon, na terça-feira (21), na Associação Comercial (Acimacar), as lideranças se mostraram otimistas em relação à expectativa de participação das pessoas nas atividades culturais, gastronômicas e de entretenimento, mas também na realização das vendas pelos comerciantes.

Como algumas lideranças estão propondo, essa pode ser a maior edição da Expo Rondon realizada em todos os tempos.

Para atrair as pessoas para a festa, os idealizadores criaram uma programação bastante diversa. Apresentação da Orquestra de Sopros, 40ª Expomar, café colonial, restaurantes, Casa Cultural, shows com Hugo e Guilherme, João Neto e Frederico, Matogrosso e Mathias e Culto Ecumênico seguido de show gospel com Padre Ezequiel são algumas das atrações. No dia 25 de julho, data de aniversário do município, ocorre o tradicional desfile e um dos mais aclamados shows do momento, com a dupla Maiara e Maraisa. São atrações que devem atrair público de vários municípios durante cinco dias, movimentando a feira, mas também os comércios locais, como postos de combustíveis, hotéis e restaurantes.

Essa Expo Rondon é a primeira depois que a humanidade descobriu a Covid-19. É a primeira grande festa do município com a pandemia controlada. Será momento de comemorar os 62 anos do município com muito orgulho, mas também de celebrar a vida depois do período sombrio e de luto que foi vivido. É uma festa que vai marcar o reencontro dos amigos, que já tem acontecido, é claro, mas não com essa profundidade.

Será uma festa para comprar, para olhar e se admirar, será uma festa para dançar e cantar junto, será uma festa de otimismo, com fé nos bons negócios para ajudar os empreendedores a melhorar seus resultados tão castigados nos últimos tempos, uma festa para sorrir e se abraçar, para passear, para se emocionar.

O povo de Marechal Cândido Rondon tem um encontro marcado entre os dias 21 e 25 de julho. Vamos comparecer em massa, vamos apoiar a cultura local e vamos ser bons e gentis anfitriões para quem vem de fora nos prestigiar. Marechal Cândido Rondon está mais uma vez em festa. E o maior presente é estarmos aqui para aproveitar tudo isso.

Continue Lendo

Facebook