Esportes

Colégio Frentino Sackser sedia a Taça Paraná de Basquete Sub-14

O Presente

20/04/2017 às 18:30 - Atualizado em 20/04/2017 às 23:25

 

Divulgação

 

O ginásio do Colégio Estadual Frentino Sackser, de Marechal Cândido Rondon, se torna a casa do basquete paranaense masculino a partir de hoje (20), até domingo (23). Isso porque a instituição sedia a Taça Paraná de Basquete Sub-14 Masculino, reunindo mais de uma centena de atletas e dirigentes de nove equipes, das quais oito do Paraná e uma do Paraguai.

De acordo com o professor de Educação Física do educandário, Marcelo Goes, trata-se da competição mais disputada dos últimos anos nesta categoria no Paraná. “Nós estamos muito felizes porque o Colégio Frentino Sackser está demonstrando a sua capacidade de poder abrigar uma competição deste porte, sendo que tudo vai acontecer no colégio: alojamento, refeição e jogos. A gente fica contente por ser o terceiro ano que acontece. Estamos agradecidos por este novo momento que o projeto Crescendo com o Basquete está vivendo em Marechal Cândido Rondon”, declara.

Entrarão em quadra os jogadores dos seguintes times: Sociedade Thalia, Clube Curitibano, Círculo Militar de Curitiba, APVE de Londrina, Ninfa/Incomar de Toledo, Agobas de Goioerê, NBPG de Ponta Grossa, ECB do Paraguai e Crescendo com o Basquete/Frentino Sackser. A competição é uma realização da Federação Paranaense de Basquete.

As partidas iniciam às 14 horas de hoje, seguindo até as 20h15, retornando amanhã (21) das 10 horas às 20h15 e no sábado (22) das 08 horas às 19h45. As semifinais serão às 08 horas e 09h15, às 10h30 será a disputado do 3º lugar, enquanto às 11h45 acontecerá a final.

 

Disputas

Goes diz que a Taça Paraná tende a ser acirrada pela qualidade de todos os times e atletas. “Ano passado a equipe sub-14 sagrou-se campeã estadual dos Jogos Escolares e se classificou em 5º na etapa nacional dos Jogos Escolares. Ainda no ano passado o time sub-14 deste ano foi vice-campeão desta mesma Taça Paraná ao ser vencido por Londrina. Nós teremos jogos de um nível extremamente alto, cujas disputas tendem a ser equilibradas porque as nove equipes são muito bem preparadas”, enfatiza.

O sub-14 tem o diferencial de ser a categoria que dá ênfase à performance, quando o atleta define pela modalidade que quer competir, explica. “Antes disso ele participa de inúmeras modalidades e descobre o esporte como algo da sua formação, mas a partir dos 14 começa a escolher uma modalidade para competir em busca de rendimento”, comenta.

O treinador do time Crescendo com o Basquete/Frentino Sackser também destaca os bons resultados dos rondonenses nesses quatro anos. “O projeto Crescendo com o Basquete vem com um desenvolvimento no seu quarto ano e a garotada desde 1º de fevereiro deste ano está se preparando para competições estaduais com as seis equipes de categorias distintas. A categoria sub-14 masculino abre o calendário, no mês que vem será a vez o sub-15, depois sub-12 e sub-13. Neste ano disputaremos o estadual também no feminino, mostrando que o nosso projeto é abrangente, ele abre novas frentes e oportuniza os naipes masculino e feminino”, destaca.

Goes ressalta que o projeto está iniciando quatro novas frentes em escolas municipais. “São 250 crianças, cujo número pode aumentar devido às parcerias que ainda estão sendo efetivadas. A tendência é de ampliar do extremo para o centro de Marechal Rondon, oportunizando o esporte de base a mais interessados”, conclui.

Publicidade
Loterias

MEGA SENA

Concurso 1923 22/04/2017
  • 46
  • 34
  • 59
  • 45
  • 9
  • 42
Publicidade
Publicidade
Imagem do Dia

A máquina humana

Publicidade
Publicidade