Copagril
Pastor Mário Hort

A vida é o cassino e você a ficha! – 5ª parte

 

Solicitei atendimento no hotel e o jovem Pedro trouxe-nos o que nós precisávamos. Aproveitei para lhe perguntar: “quanto vale a sua alma?”. O jovem disse imediatamente: “seu tema me recorda a música de Rosa de Saron, Cassino Bolevard, que diz: “Qual é o seu limite? Até onde aguenta? Se tudo aqui tem prazo, qual é o seu? Pois tudo aqui tem um por que. A vida é o cassino e você a ficha.

Nunca permita que a sua felicidade dependa de algo que possa perder…Todos querem uma fatia da sua glória

Casa do Eletricista CÂMERAS

Todos, todos querem apostar a sua vida, sua graça, sua culpa, sua calma, sua alma”.

Cassino é um local para jogos de fortuna e azar. Os jogos são matematicamente estudados de modo que os ganhos favoreçam sempre o próprio cassino. Os cassinos distribuem bebidas alcoólicas gratuitas e empregam “garçonetes de minissaias”… O “mundo cassino” é um jogo de azar para roubar e matar.

Jesus disse: o ladrão não vem senão para roubar, matar, e para destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. (João 10:8-10)

A ficha do “cassino mundo” é a vida, a graça e a alma. E todos, sim, todos, os que perdem, perdem a sua alma.

Não existe outra “ficha” no além. “Que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?”. (Mr. 8:36) 

Terrível é quando o infeliz jogador do cassino ganha muito dinheiro, pois então ele será dependente e pode ser viciado para sempre.

Contudo, esse vício não se limita apenas a jogos de azar, mas a busca de ganhar dinheiro fácil. A prosperidade levou a alma de milhares de “abençoados” cristãos de todas as igrejas a perder as suas almas.

De que valem as suas riquezas, quando já não podem frequentar os cultos, pois devem cuidar de seus negócios?

 Logo percebem que as riquezas definham, as dívidas aumentam, os lucros desaparecem e a alma do “rico” empresário não tem mais descanso. 

Os pastores do evangelho da prosperidade também estão cegados e não percebem que milhares de seus adeptos “prósperos” estão perdendo as suas almas para o inferno. Aqueles que vibravam na fé e se encantavam com a glória de Deus agora perderam o brilho dos olhos porque foram abençoados e não percebem que estão perdendo as suas almas por sua “terrível sorte no cassino” e o medo da Lava Jato pode se transformar em prisão ou tornozeleira.

Falei ao jovem Pedro, que citou a música do Cassino Boulevard: “A vida é o cassino e você a ficha”. Essa música retrata uma realidade nua e crua, mas real.

Católicos e evangélicos devem “jogar” de forma que nunca possam perder a sua alma!

 

Mário Hort, o autor é pastor da Igreja de Deus no Brasil em Marechal Cândido Rondon

ecosdaliberdade@yahoo.com.br

TOPO