Coluna ADI-PR

Ex-prefeito de Maringá testa positivo para Covid-19 e está internado em UTI

Quarentena
O ex-prefeito Sílvio Barros foi internado em 20 de março na Santa Casa de Maringá com sintomas de gripe. Por precaução, foi submetido a isolamento e a exames da Covid-19. O resultado foi positivo. Por recomendação médica, Silvio Barros ficou em isolamento domiciliar. Na segunda-feira (30) retornou ao hospital e agora está internado na UTI. Seu estado é estável. Respira sem auxílio de aparelhos, com uso de oxigênio suplementar, mantendo dados vitais estáveis. Segue em observação.

(Foto: Divulgação)

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

 

Suspensão

Prefeituras de todo Estado estão adiando o pagamento da primeira parcela de impostos como IPTU e ISSQN. Isso já acontece em Londrina, Foz do Iguaçu, Maringá, Cascavel, Paranaguá, Ponta Grossa, Santa Terezinha de Itaipu, Nova Santa Rosa e Marechal Cândido Rondon.

Famílias em dívidas
O total de famílias com dívidas no Brasil voltou a crescer em março, depois de um recuo em fevereiro (65,1%), atingindo 66,2%, maior taxa da série histórica iniciada em janeiro de 2010. Os dados são de pesquisa da Confederação Nacional do Comércio (CNC) de Bens, Serviços e Turismo. “O resultado extrapolou o percentual de dezembro e registrou o maior nível da série histórica”, diz a CNC.

Mais testes
A UEL e o Hospital Universitário de Londrina foram habilitados para realizar testes do novo coronavírus de parte das cidades do Norte do Estado. O hospital tem capacidade de fazer 200 testes por dia, mas não tem recursos para compra dos reagentes utilizados. Atualmente, os exames de Covid-19 são realizados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) em Curitiba.

Foz Juro Zero
O prefeito Chico Brasileiro anunciou um pacote econômico no valor de R$ 50 milhões em apoio, principalmente aos pequenos empresários de Foz do Iguaçu. Serão mais de R$ 30 milhões do Programa Foz Juro Zero destinados a microemprendedores (motoristas de aplicativos, taxistas e guias de turismo, entre outros) e mais R$ 20 milhões do Fundo de Aval para pequenas empresas (capital de giro, etc). Os recursos são das cooperativas de crédito e a prefeitura vai dispor de R$ 5 milhões para pagar os juros.

Apoio
O Facebook afirmou que vai investir R$ 515,8 milhões em financiamento e publicidade para apoiar veículos jornalísticos que estão sofrendo com a pandemia de coronavírus. “Neste momento, os jornalistas estão trabalhando em condições muito difíceis para manter as suas comunidades informadas”, disse Mark Zuckerberg. O investimento inclui gastos com marketing em todo o mundo.

Apoio II
A transferência da verba do Fundo de Modernização da Assembleia Legislativa foi aprovada pelos deputados e seguiu para sanção do governador Ratinho Junior. O repasse de R$ 37,7 milhões para o Fundo de Estado da Saúde vai auxiliar o combate ao coronavírus no Paraná. O deputado Ademar Traiano (PSDB) afirma que “a Assembleia tomou a iniciativa de devolver os recursos para poder contribuir com o governo na crise, que preocupa a todos, que também será econômica e que vai assolar o Estado na arrecadação de impostos”.

Força Nacional
O ministro Sérgio Moro (Justiça) autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública para dar apoio ao Ministério da Saúde nas ações de combate ao coronavírus. A medida vai auxiliar os profissionais de saúde nos atendimentos relacionados à Covid-19, dará segurança no funcionamento de centros de saúde (hospitais, UPAs, etc), garante a segurança na distribuição e armazenamento de itens médicos, farmacêuticos, alimentícios e no auxílio no controle sanitário realizado em portos, aeroportos, rodovias e centros urbanos.

Medidas emergenciais
O deputado Aliel Machado (PSB) apresentou cinco projetos como medidas emergenciais para amenizar a crise e auxiliar no combate à disseminação coronavírus. São elas: proibição dos cortes dos serviços essenciais (água e luz), inclusão de itens na cesta básica como álcool em gel, sabonete líquido e em barra, limitação de taxa de juros aos autônomos, micro e pequenos empresários, reciprocidade no fechamento de fronteira em caso de pandemia e taxação de grandes fortunas.

Merenda escolar
O deputado Sergio Souza (MDB) destacou a aprovação do projeto que permite a distribuição de alimentos da merenda escolar às famílias de estudantes da rede pública. Além de atender os alunos, o projeto também incentiva os produtores rurais que já atendem à demanda das escolas federais, estaduais e municipais. “Não podemos parar nesta crise. O Congresso está fazendo a parte dele para que os brasileiros não sejam tão afetados por esta pandemia. Precisamos de união e compreensão de todos nesse momento”, afirmou.

Unidos
O senador Oriovisto Guimarães (Podemos) destaca a aprovação do auxílio emergencial de R$ 600 para famílias em situação de vulnerabilidade durante o período de enfrentamento do coronavírus.”Acho que estamos dando uma demonstração de união do Brasil. Independente de ideologia e de programas partidários, aprovamos por unanimidade o projeto que demonstra bem que o Senado está unido para que o Brasil possa rapidamente superar essas crise”, declarou.

Em queda
Relatório da Secretaria Estadual de Segurança informa que o Paraná registrou em 2019 o menor número de homicídios dos últimos 13 anos. Foram 175 mortes a menos de janeiro a dezembro do ano passado, quando houve 1.780 homicídios, em comparação com o mesmo período do ano anterior (1.955 casos). A região de São Mateus do Sul, que compreende nove municípios, teve a maior diminuição percentual no Estado: 62,8%.

Emprego vinculado

O governador Ratinho Junior encaminhou à Assembleia Legislativa projeto de lei que mantém os pagamentos para as empresas que prestam serviços continuados à administração pública, desde que sejam garantidos os vínculos com os trabalhadores. A proposta leva em conta serviços que tenham sido afetados com a diminuição ou paralisação das atividades contratadas por força das medidas públicas de combate à doença e de seus impactos no sistema de saúde.

 

Redação ADI-PR Curitiba
Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

TOPO