Copagril
Coluna ADI-PR

Irrigantes e aquicultores em atividade no horário noturno voltam a ter desconto na tarifa de energia

Incentivo na tarifa

Irrigantes e aquicultores em atividade no horário noturno – 21h30 e 06 horas – voltaram a ter desconto na tarifa de energia. O governo federal restabeleceu o incentivo cortado no fim do ano passado. Sem o benefício, o aumento seria de 11% no custo de produção. “Isso seria extremamente grave aos produtores, não só na irrigação, mas no setor como um todo, como os granjeiros e demais produtores que precisam constantemente de energia. Há situações, como no Paraná, de gente que depende da irrigação para a produção de boi”, diz o deputado Pedro Lupion (DEM-PR).

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Obras de infraestrutura

Ao tomar posse no Parlasul, em Montevidéu, o deputado Ricardo Barros (PP-PR) afirmou que vai trabalhar por obras de infraestrutura para melhorar a integração do Paraná com os países do Mercosul. Barros  compõe o órgão e participa da comissão permanente de infraestrutura, transportes, recursos energéticos, agricultura, pecuária e pesca. “Vou tratar da hidrovia Paraná-Paraguai, da ferrovia Paranaguá-Antofagasta, da nova eclusa e das novas turbinas da usina de Itaipu e da interligação energética entre os países. Também vou me dedicar aos assuntos relacionados à agricultura, que é a grande locomotiva da economia do Paraná”, menciona.

Demarcação suspensa

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região manteve suspensa a demarcação de terras indígenas em Altônia, Guaíra e Terra Roxa. A decisão atende a um pedido da Federação da Agricultura do Paraná contra o estudo apresentado pela Funai em outubro do ano passado.

Candidato tucano

O deputado Paulo Litro afirmou que vai disputar a presidência do PSDB no Paraná. Ele defende a renovação para o partido se reorganizar e voltar a assumir o protagonismo no desenvolvimento do Estado. “Temos que recuperar a principal característica do PSDB, que é o diálogo com a população. É preciso uma mudança para que o partido volte a estar em sintonia com os anseios e demandas dos paranaenses”, enaltece. A convenção estadual do PSDB será marcada entre os dias 03 e 06 de maio.

Colégio Militar

O prefeito Marcelo Rangel e os secretários Renato Feber (Educação) e Sandro Alex (Infraestrutura e Logística) visitaram o Colégio Estadual Professores Colares, que poderá abrigar a implantação de um Colégio Militar em Ponta Grossa. “A partir de agora podemos iniciar as tratativas. É um local de ensino estratégico e bem localizado. A partir deste estudo conseguiremos dar andamento em mais essa evolução no ensino da cidade”, comenta Sandro Alex.

Apoio às micros

A Fiep, o Estado e a Fomento Paraná assinaram convênio para financiar projetos de até R$ 1,5 milhão de micro, pequenas e médias indústrias paranaenses. “Existe uma queixa generalizada por parte dos industriais, especialmente dos micro, pequenos e médios, de que os financiamentos dos bancos são acessíveis apenas às grandes empresas e para os pequenos, além de o crédito ser muito caro, o acesso é extremamente burocrático”, observou o presidente da Fiep, Edson Campagnolo.

Defensoria

A Defensoria Pública do Paraná lançará na terça-feira (09), na Assembleia Legislativa, o Programa de Atendimento às Vítimas de Crimes Violentos.  Com o novo serviço, a Defensoria passa a oferecer assistência jurídica e psicossocial às pessoas que forem vítimas de crimes violentos.

Prorrogação do Refis

Por solicitação do deputado Tiago Amaral (PSB), a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa enviará ofício ao Governo do Paraná solicitando que seja prorrogado o prazo de adesão ao Refis. A Secretaria da Fazenda abriu oportunidade de regularização dos débitos com redução de multa e juros e parcelamento em até 180 vezes, estabelecendo o prazo para adesão de 20 de fevereiro a 24 de abril. Tiago Amaral solicitou que esse prazo seja prorrogado por decreto por igual período, ou seja, dois meses.

Marcha dos Prefeitos

O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), anunciou o apoio à Marcha dos Prefeitos na próxima semana em Brasília. “Os municípios assumiram novas atribuições e novas responsabilidades, mas não têm recebido a contrapartida financeira para arcar com esse ônus”, afirmou Traiano, referindo-se ao fato de que as prefeituras estão gastando mais com educação, saúde, segurança e infraestrutura urbana, mas não tiveram elevação compatível de seus orçamentos.

Apoio às Apaes

O Governo do Paraná decidiu renovar o convênio do ensino especial que atende mais de 40 mil estudantes. A nova parceria prevê o aumento dos repasses de custeio, que hoje é de R$ 30 por aluno matriculado, para R$ 35. No próximo dia 15 uma nova reunião será realizada com o governador Ratinho Junior para conclusão das negociações do convênio.

 

Da Redação ADI-PR Curitiba
Coluna publicada simultaneamente em 22 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

TOPO