Ecoville – Maior rede de limpeza
Coluna ADI-PR

Para a maioria da população, Bolsonaro perde se Sérgio Moro deixar o governo

Moro imprescindível

Para a grande maioria da população – 69,2% -, o presidente Jair Bolsonaro perde se o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança) deixar o governo. Apenas 17,7% dos entrevistados afirmam que Bolsonaro ganha com a saída. Os números são do Instituto Paraná Pesquisas que entrevistou 2.117 pessoas de 162 cidades de 26 estados mais o Distrito Federal entre os dias 13 e 17 de fevereiro. A margem de erro é de 3,5%.

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

 

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

 

No STF

Para 57,9%, o melhor destino de Moro é o STF, 15,9% afirmam que é a candidatura a vice-presidente e 14,4% apontam a vice-candidatura na chapa de Bolsonaro. O trabalho de Moro à frente do ministério é avaliado positiva por 54,5% (ótimo, 25.9%; e bom, 28, 6%), regular para 21,7% e negativamente para 18,2% (ruim para 7,5% e péssimo, 10,7%).

 

Bebidas nos estádios

O STF começou o julgamento para analisar se estádios e arenas do Paraná, Mato Grosso e Espírito Santo podem vender bebida alcoólica. O julgamento transita em plenário virtual, isto é, sem a necessidade da presença física dos ministros. O prazo para a inclusão de cada voto no processo acaba às 23h59 do dia 05 de março. O Paraná já tem lei própria a respeito.

 

Divididos

Grupos que organizam a manifestação convocada para o dia 15 de março em defesa do presidente Jair Bolsonaro e contra o Congresso estão divididos sobre as bandeiras que serão levadas às ruas. De um lado, apoiadores sinalizando “somos todos Bolsonaro”. Enquanto, defensores da Lava Jato querem usar o ato para pressionar os políticos a aprovarem mudanças na lei para permitir a prisão após condenação em segunda instância.

 

Sem chance

Dirigentes do Aliança pelo Brasil avisaram o presidente Jair Bolsonaro que é praticamente zero a chance de o partido sair do papel a tempo de lançar candidatos nas eleições municipais de outubro em que serão eleitos os prefeitos e vereadores das 5.570 cidades brasileiras.

 

O que fazer?

O Sindicato dos Petroleiros do Paraná e Santa Catarina prepara um estudo sobre os impactos econômicos, sociais e ambientais que será apresentado na Assembleia Legislativa na sessão de segunda-feira (02 de março). A possível privatização das unidades no Paraná tem preocupado os deputados estaduais, que têm buscado alternativas para evitar as demissões no setor.

 

Duplicação

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas (infraestrutura), o governador Ratinho Júnior e o presidente da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna, anunciaram a duplicação da Rodovia das Cataratas, a BR-469, num trecho de 8,5 quilômetros entre o trevo da Argentina até o portão do Parque Nacional do Iguaçu. Do investimento de R$ 135 milhões, 70% serão financiados pela Itaipu e 30% pelo Estado, que deverá fazer a gestão da obra.

 

Austeridade

O presidente da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna, reafirmou que investimento da binacional na duplicação da BR-469 será possível graças às políticas de austeridade, de readequação do orçamento e de combate ao desperdício. “Com cortes de convênios e patrocínios, a nova Itaipu economizou R$ 600 milhões, sem aumentar um centavo o valor da tarifa de energia”, disse Silva e Luna.

 

Prestação de contas

Na próxima terça-feira (03 de março) os números investidos no último quadrimestre de 2019 na Saúde serão apresentados aos deputados estaduais pelo secretário Beto Preto. A audiência pública da Comissão de Saúde começa às 9 horas no plenário do legislativo. Beto Preto apresentará o relatório com os números de recursos aplicados e despesas referentes ao terceiro quadrimestre de 2019.

 

Alerta

A Assembleia Legislativa vai tomar uma série de medidas contra o avanço do coronavírus no Paraná. O objetivo é se antecipar a um possível crescimento no número de ocorrências, já que o Brasil confirmou nesta semana o primeiro caso, além 132 casos suspeitos, cinco deles no Paraná. Entre as medidas estão as campanhas de orientação sobre higienização das mãos e o aumento da disponibilização de álcool gel. Cuidados simples podem evitar a transmissão do vírus, como cobrir nariz e boca ao espirrar ou tossir.

 

Suspeito preso

Após trinta e dois dias da morte da bailarina Maria Glória Poltronieri Borges, a Magó, o principal suspeito de ter estuprado e na sequência assassinado a bailarina foi preso na sexta-feira (29), em Apucarana. O suspeito, 40, já tem histórico de  estupro.

 

Filiação de mulheres

O PL do Paraná está em campanha para filiação de mulheres no partido. “A participação da mulher na politica é fundamental para a democracia, nos parlamentos e na gestão das cidades. A legislação eleitoral  prevê, por exemplo, que 30% das vagas nas chapas proporcionais serão para candidatas mulheres e isso muto importante na fiscalização das prefeituras e para propor novas leis que atendam as demandas dos moradores das cidades”, disse o deputado Giacobo, presidente estadual do PL.

 

Yared en Curitiba

Giacobo lembrou ainda que o PL terá candidatas mulheres na disputa das prefeituras do Paraná. “Em Curitiba, a nossa candidata será a deputada Cristhiane Yared que já provou ser uma ótima gestora e excelente parlamentar”, completou o deputado.

 

Redação ADI-PR Curitiba  

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

TOPO