Ecoville – Maior rede de limpeza
Coluna ADI-PR

Quatro colégios do Paraná vão participar do programa de escolas cívico-militares

No Paraná

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, divulgou quais serão as 54 escolas de 22 Estados e do Distrito Federal que vão participar do programa de escolas cívico-militares, a partir de 2020. Quatro delas são do Paraná: Colégio Estadual Beatriz Faria Ansay (Curitiba), Colégio Estadual Vinicius de Moraes (Colombo), Colégio Estadual Tancredo Neves (Foz do Iguaçu) e Colégio Estadual Professora Adélia Barbosa (Londrina).

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

(Foto: Divulgação) 

Segunda ponte 

O governador Ratinho Junior e o diretor-geral da Itaipu, Joaquim Silva e Luna, vistoriam hoje (28) as obras de construção da segunda ponte ligando Brasil e Paraguai. O Estado é o gestor da obra financiada pela binacional. O ministro Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) acompanha a vistoria.

 

Aeroporto

Os três – Ratinho Junior, Joaquim Silva e Luma e Tarcísio Gomes de Freitas – mais o presidente da Infraero, Hélio Paes de Barros, inauguram a ampliação do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu hoje (28).

 

Encontro Sul e Sudeste

Os governadores João Doria (PSDB-SP), Romeu Zema (Novo-MG), Renato Casagrande (PSB-ES), Carlos Moisés (PSL-SC), Eduardo Leite (PSDB-RS), Wilson Witzel (PSC-RJ) e Ratinho Junior (PSD-PR) participam do 5º encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste que acontece em Foz do Iguaçu amanhã (29). Questões como sustentabilidade, bioeconomia, economia criativa e até o coronavírus vão permear as discussões da reunião.

 

Sem pânico

O secretário Beto Preto (Saúde) afirmou que o Paraná vai adotar medidas de contingenciamento em massa para a prevenção e tratamento contra o coronavírus. A Secretaria de Saúde vai seguir orientações do Ministério da Saúde para tratar possíveis casos de doenças no Estado. Londrina largou na frente e vai adotar o mesmo protocolo utilizado no combate à H1N1.

 

Sobe

Estreante na campanha presidencial de 2018, o Novo foi o partido que mais cresceu proporcionalmente em menos de dois anos. Pulou de 19 mil filiados para 48 mil, aumento de 154%. A meta da legenda é reunir 50 mil integrantes ainda neste ano.

 

Desce

Na contramão do Novo, as siglas que mais apresentaram desfiliações desde 2018 foram o PP, com queda de 12% – de 1,44 milhão para 1,27 milhão -, e o MDB, que perdeu 11% dos seus integrantes, mas segue no topo de ranking como o maior partido do país com 2,13 milhões de filiados. O PT, segundo na lista dos maiores, também diminuiu. Tinha 1,59 milhão de filiados em abril de 2018 e passou para 1,47 milhão em janeiro deste ano.

 

Uma só no Paraná

Das 100 pesquisas eleitorais já registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a pouco menos de oito meses das eleições municipais, uma é do Paraná. O Instituto Angulo vai medir a intenção de voto para prefeito na cidade de Perobal, no Noroeste do Estado. Das 100 pesquisas registradas, nenhuma delas é para as grandes Capitais.

 

 

Reforma prisional

O Estado vai abrir três mil novas vagas no sistema prisional com a construção de quatro novas cadeias públicas e três novas delegacias. O investimento soma R$ 81 milhões. As cadeias públicas serão construídas em Foz do Iguaçu, Londrina, Ponta Grossa e Guaíra. As obras fazem parte de um grande pacote de reformas, reparos e construção anunciado pelo governo.

 

Cannabis 

O Conselho Federal de Farmácia regulamentou a atuação dos farmacêuticos na distribuição e orientação de pacientes quanto ao uso de medicamentos à base de Cannabis. “É o primeiro órgão de saúde que garante o exercício do profissional nos produtos de cannabis”, afirma Margarete Akemi Akishi, coordenadora do grupo de trabalho responsável pela elaboração da resolução.

 

Asfalto

O deputado Giacobo (PL) destacou o asfalto realizado em Capanema, um investimento de R$ 500 mil através de emenda dele. “A qualidade da infraestrutura viária de um município é fundamental para a segurança e a comodidade da população em seus deslocamentos diários”, salienta.

 

Ainda é cedo

O novo líder do PT na Câmara dos Deputados, Enio Verri, acha cedo para se falar em afastamento do presidente Jair Bolsonaro. “Há uma radicalidade por parte dele contra a democracia nunca antes vista. Vamos analisar. Ainda não enxerguei isso (o impeachment), mas pode avançar dependendo da reunião com os seis partidos de oposição. É muito cedo para fazer essa análise”, comenta.

 

Ponta Grossa

O deputado Aliel Machado (PSB) reafirma a vontade de disputar a Prefeitura de Ponta Grossa em outubro. “É uma decisão que está sendo amadurecida”, declarou. Aliel Machado já foi presidente da Câmara de Vereadores e está no segundo mandato na Câmara dos Deputados.

 

Redação ADI-PR Curitiba 

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

TOPO