Ford Ka 2020
Pastor Mário Hort

Setenta anos de bênçãos ordenadas por Deus – 5ª parte

Em memória ao pastor Mário Hort, o Jornal O Presente publica os últimos artigos escritos por ele

 

Existem poucos exemplos do convívio entre irmãos que usufruíram das bênçãos ordenadas por Deus.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

Na Bíblia temos as histórias de Caim, que matou seu irmão Abel; Jacó, que enganou seu irmão Esaú, com um ensopado de lentilhas; José, que foi vendido para o Egito por seus 11 irmãos, e mesmo os discípulos, que disputavam os primeiros postos no reino.

Sabemos que nenhuma família viveu apenas gloriosos momentos, mas, ao acordar nesta manhã na casa de meu irmão Norberto Hort, Deus me inspirou a escrever uma pequena biografia de nossos 70 anos de convívio na união entre Mário e Norberto Hort (caso aconteça alguma desavença após os 70 anos de idade será por culpa do “Dr. Alzheimer”, e esperamos que isso não aconteça).

Nascemos em Blumenau (SC) com apenas um ano e dois meses de diferença, e a família mudou-se para Curitiba quando eu tinha quatro anos de idade.

Norberto foi de pequena estatura, e com isso sofria, não apenas bullying, mas foi atacado muitas vezes por crianças maiores, e então estes tiveram o desafio de enfrentar o irmão mais velho, que fazia de tudo para defender seu irmão (boas lembranças da infância).

Até os 15 anos de idade Norberto não desenvolveu estatura, mesmo com perfeita saúde. Eu orei muito pelo seu crescimento, ao ponto que de repente ele cresceu e me passou por 15 centímetros na altura.

A harmonia em nosso convívio ofereceu um dos melhores fundamentos para toda a nossa vida.

Logo após o casamento com Natália, na Argentina, nós iniciamos nossos estudos teológicos na Alemanha, e apenas um ano mais tarde consegui uma bolsa de estudos para Norberto, que também fez seus estudos na Christiliche Bildungsstätte Fritzlar (CBF).

Após a conclusão dos estudos e o estágio prático em uma igreja na Alemanha, ambos voltamos para o Brasil.

Natália e eu fixamos nossa residência pastoral em Marechal Cândido Rondon e Norberto e Therese inicialmente em Campo Mourão (PR).

Tudo quanto Deus fez através dessa união é a história das bênçãos ordenadas por Deus, conforme diz a Palavra: “Como é bom quando irmãos vivem em união, pois ali o Senhor ordena as suas bênçãos”. (Sal. 133)

Jamais imaginei passar dias de união e felicidade, agora que estamos chegando aos 70 anos de nossa história, especialmente como dois dos seis irmãos que somos em nossa família. Porém, a viagem para Moscou e a participação do congresso de nossa igreja, que celebrava 125 anos de existência na Alemanha, nos proporcionaram essa recordação, que será descrita no próximo artigo. Foi simplesmente um presente do céu, quando eu pude permanecer durante duas semanas na residência do irmão e colega pastor, ao retornar de Moscou, para escrever uma pequena parte de nossa história de unidade, como irmãos que experimentaram a veracidade das palavras: “Oh, como é bom e agradável quando irmãos vivem em união” (Sal. 133)

Segue no próximo artigo.

 

Mário Hort foi pastor da Igreja de Deus no Brasil em Marechal Cândido Rondon. Ele faleceu no último dia 09 de outubro.

ecosdaliberdade@yahoo.com.br

 

TOPO