Ford Show Rural
Ecoville – Maior rede de limpeza
Esportes Superliga

Ríspida discussão entre Carol Gattaz e Kasiely marca clássico entre Minas Tênis e Praia Clube

(Foto: Reprodução)

De olho na liderança da Superliga, Praia Clube e Minas Tênis reeditaram na terça-feira (14) a última final da Superliga feminina. No tie-break, melhor para o time de Uberlândia que venceu por 3 sets a 2. Mas, na beira da quadra, o que marcou a partida foi o desentendimento das companheiras Carol Gattaz e Kasiely, do Minas. No tempo técnico do tie-break, elas protagonizaram cenas de uma ríspida discussão. O técnico Nicola Negro até tentou apaziguar o momento “tampando” a boca das atletas.

A discussão aconteceu quando o Praia abriu 10 a 4 no tie-break. O técnico minastenista, Nicola Negro, pediu tempo técnico e as atletas se estranharam. A assessoria de imprensa do Minas informou que já está tudo resolvido entre Gattaz e Kasiely e disse ainda que a discussão foi pelo “calor do momento”.

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

A partida em Uberlândia era válida pela última rodada do turno da Superliga e a liderança da competição estava em jogo para quem somasse três pontos. Com a vitória sobre o rival por 3 sets a 2 o Praia somou dois pontos e assumiu a vice-liderança, atrás do Sesc, que leva a melhor nos critérios de desempate. Já o Minas somou um ponto e está na 3º posição da tabela.

Minas e Praia voltam a quadra na sexta-feira (17). O Minas recebe o Flamengo, às 21h30, na tentativa de se reencontrar na competição já que perdeu os dois últimos jogos. Já o Praia Clube encara o lanterna Valinhos, às 19h30, em Uberlândia.

 

Com G1 Minas

TOPO