Esportes Próximo desafio no domingo

Técnico do Toledo fala sobre a derrota para o Athletico e a projeção para o decorrer do Campeonato

O próximo desafio do Toledo será no domingo (17), às 16 horas no Estádio Municipal 14 de Dezembro (Foto: Divulgação)

Enquanto as outras 11 equipes que disputam o Campeonato Paranaense estão em busca de vários objetivos, a única a ter alcançado a maioria deles foi o Toledo Esporte Clube (TEC), que conquistou a Taça Barcímio SIcupira Júnior (1º Turno do Campeonato Paranaense), de forma invicta, e com isso obteve o direito de disputar a final do Campeonato, a Copa do Brasil 2020 e o Campeonato Brasileiro Série D 2020.

Depois de ter alcançado todos os seus objetivos com a conquista do 1º turno o Toledo terá maior tranquilidade para trabalhar na segunda metade da competição e não à toa o técnico do TEC, Agenor Piccinin, reforça que as outras equipes é que tem que correr atrás para tentar buscar algo que o Toledo já conquistou.

“Nós temos que ficar tranquilos e saber valorizar tudo o que fizemos no primeiro turno. Isso tem que ser valorizado, pois nós já estamos na final e todas as outras 11 equipes estão buscando algo que a gente já conquistou. Por isso é importante valorizar tudo o que fizemos na 1ª Taça”, comentou o técnico.

 

Derrota para o Athletico

No primeiro jogo após a maior conquista de sua história o Toledo teve uma derrota um tanto quanto inesperada. A equipe local foi derrotada para o Athletico, na Arena da Baixada, em Curitiba pelo placar de 8 a 2. A derrota gerou algumas críticas por parte da torcida, algo que não abalou o trabalho do técnico Agenor Piccinin.

“Eu acredito que foi criado muito alarde por uma derrota em um momento em que a nossa equipe poderia perder. Não era uma final ou jogo decisivo e ainda estávamos no nosso primeiro jogo após o título o que gera um relaxamento natural em qualquer equipe”, destacou.

Agenor ainda ressalta que a equipe perdeu em um momento em que poderia perder. “Nós perdemos no momento em que podíamos perder. Não perdemos nas finais do turno e nem em uma partida decisiva. Mas é claro que essa derrota serve de alerta para acertamos alguns detalhes para o restante do turno e principalmente para a grande final”.

 

Desfalques

Um dos principais problemas enfrentados pelo Toledo na partida contra o Athletico foi o grande número de desfalques, seis no total. Não jogaram a partida por conta de lesão o goleiro, Thiago Moraes, com uma lesão no joelho; o zagueiro, Eduardo Dallagnol, com uma lesão muscular; o atacante, Wayny, com uma lesão muscular; o lateral-esquerdo, Adriano, com uma lesão na parte posterior da coxa; o volante Guilherme Rend e o atacante, Marcelinho não atuaram na partida por questões contratuais.

O técnico Agenor Piccinin, acredita que os desfalques foram fundamentais para o resultado ruim em Curitiba. “Não é desculpa, mas os seis desfalques foram determinantes para que o desempenho da nossa equipe não fosse o mesmo do primeiro turno. Caso esses jogadores continuem fora por mais jogos a nossa equipe continuará sofrendo nas partidas”.

 

Preparação para a grande final 

A preparação para a grande final poderá ser modificada dependendo dos resultados das duas próximas partidas contra o Operário em Toledo e contra o Foz, no Estádio do ABC, em Foz do Iguaçu.

De acordo com o comandante da equipe em caso de resultados negativos nos próximos dois jogos, as duas últimas partidas serão utilizadas para dar maior ritmo de jogo para todo o elenco. “Caso nossa equipe chegue às duas últimas partidas fora da disputa por uma vaga nas finais do turno o planejamento será diferente. Neste caso nós utilizaremos as duas últimas partidas para descansar o time titular, dar ritmo de jogo para os reservas e principalmente para lançar alguns meninos das categorias de base”, avaliou o treinador.

 

Próximo jogo

O próximo desafio do Toledo será no domingo (17), às 16 horas no Estádio Municipal 14 de Dezembro, contra o Operário Ferroviário de Ponta Grossa. A partida é válida pela 2ª rodada da primeira fase da Taça Dirceu Kruger, segundo turno do Campeonato Paranaense e marcará a entrega de faixas pelo título do 1º turno.

A preparação para a partida começou na terça-feira (12), com a reapresentação da equipe no Centro de Treinamentos do TEC, no Jardim Coopagro. Agenor Piccinin enfatizou que a equipe treinará forte durante essa semana para buscar o resultado positivo na partida contra o Operário e se recuperar no turno.

 

Com Toledo News 

TOPO