Geral Trabalho

Oeste ganha mais de mil empregos em junho; saiba mais

(Foto: Gilson Abreu/AEN)

Amargando quedas significativas há meses devido à crise causada pela pandemia do novo coronavírus, a região Oeste do Paraná registrou saldo positivo na geração de empregos no mês de junho.

De acordo com dados do novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) o saldo de postos de trabalho na região é de 1.002 pessoas empregadas a mais do que demitidas na região.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

Segundo o Caged, nos municípios da área de abrangência da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop) no mês de junho foram admitidas 10.309 pessoas contra 9.307 demissões.

O destaque nas contratações fica para Matelândia, que ao longo de todo semestre não apresentou nenhuma vaga a menos de trabalho. Somente no mês de junho foram abertos 733 postos e 362 pessoas foram demitidas; saldo de 371 contratações a mais. Em Marechal Cândido Rondon foram 507 contratações diante de 415 demissões, ou seja, saldo positivo de 92 postos de trabalho.

Já em Cascavel foram abertos 3.416 vagas e 3.097 postos foram fechados; saldo de 319 pessoas a mais empregadas. O número é comemorado pelo município, que registrava quedas significativas nas contratações há três meses. Foram 455 postos a menos em maio; 2.087 em abril e 51 em março.

Na contramão dos números está Foz do Iguaçu, que há quatro meses vem perdendo vagas por conta da queda na economia. O município, que vive basicamente do turismo – uma das áreas mais prejudicadas pela crise causada pelo coronavírus, registrou saldo negativo de 442 vagas. De 1º a 30 de junho deste ano 1.099 pessoas foram admitidas e 1.541 demitidas na cidade.

 

Com Preto no Branco

 

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO