Copagril
Marechal Conscientização

Com foco no respeito às regras de trânsito, Maio Amarelo promove blitz nesta quarta-feira em Rondon

Foto: Joni Lang/OP

 

Lançada na semana passada em Marechal Cândido Rondon, a campanha Maio Amarelo terá ações em escolas e blitze, bem como uma série de atividades ao longo do mês, a partir do engajamento de órgãos públicos, das polícias, do Corpo de Bombeiros e dos clubes de serviço. O objetivo é conscientizar as pessoas sobre a importância de respeitar as regras de trânsito e, consequentemente, ter uma cidade com maior segurança viária.

O secretário municipal de Mobilidade Urbana, Welyngton Alves da Rosa, lembra que a ação é desenvolvida em nível mundial e que o Brasil é um dos adeptos junto à Organização Mundial da Saúde (OMS), haja vista que os números levantados são alarmantes, com 500 mil pessoas vítimas de acidentes de trânsito ao ano, das quais 50 mil mortas e centenas de milhares com sequelas em decorrência dos acidentes de trânsito.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

“Devido a isso, no mês de maio, busca-se conscientizar as pessoas sobre a importância de respeitar as regras para condução de veículos. A prefeitura, junto dos parceiros da campanha e colaboradores, fez o lançamento na terça-feira e no transcorrer do mês teremos inúmeras atividades, dentre as quais utilizaremos muito os órgãos de comunicação procurando divulgar o que é o mês Maio Amarelo. Nessas visitas vamos mesclar com a presença de um policial e de representantes de clubes de serviço, da Associação Comercial e de entidades para levar uma mensagem de conscientização e mostrar o grau de comprometimento de cada clube com a campanha Maio Amarelo”, comenta.

Serão feitas visitas a veículos de comunicação e escolas, sendo que a meta é a presença em ao menos duas escolas por semana, com distribuição de material educativo. “Falaremos com os jovens sobre o que é a campanha Maio Amarelo”, menciona o secretário.

 

CONSCIENTIZAÇÃO

Segundo o secretário, a partir das campanhas busca-se chamar a atenção para esses dados e para que o público se conscientize de que Marechal Rondon está se transformando. “Nós queremos uma cidade mais segura no trânsito para todos, mas essas mudanças muitas vezes ocasionam alguma quebra na rotina diária. Por exemplo, trancamos o cruzamento da Rua Tiradentes com a Avenida Rio Grande do Sul por ser um ponto de acidentes, uma vez que os veículos não podem ficar parados por atrapalhar o fluxo dos outros carros que circulam à esquerda na avenida”, ressalta.

Ele explica que ao trancar a Rua Tiradentes o trânsito foi direcionado a 100 metros de uma rotatória para que o condutor do veículo utilize-a. “É importante falar que alguns anos atrás a administração municipal adotou a rotatória como modelo de trânsito a ser seguido. A intenção com as rotatórias é de que você saia de um ponto da cidade e se dirija até outro local em uma velocidade constante e quase sem obstáculos que façam parar por bom tempo. Com a adoção das rotatórias, a administração precisa seguir a padronização de trânsito, e a nossa cidade proporciona isso. Então, estamos substituindo as rotatórias de tachões por rotatórias definitivas. É preciso salientar que o Código de Trânsito Brasileiro proíbe rotatória de tachões, pois o tachão serve para ser um divisor de pista e não para construir uma rotatória. Diante disso, fazemos a substituição por rotatórias definitivas de alvenaria com jardinagem, até para embelezar o trânsito”, destaca.

Conforme Welyngton, esse tipo de rotatória faz com que o trânsito seja normatizado, uma vez que não tem como o veículo passar por cima, como faz com as rotatórias de tachões. “A intenção é fazer com que o veículo diminua a velocidade, respeite o pedestre e a preferência de outros veículos que utilizam a mesma rotatória”, pontua.

Ele acrescenta que a realização de campanhas como o Maio Amarelo serve para levar conhecimento à comunidade e reforçar a conscientização da importância de um trânsito seguro. “Aproveitamos o foco da imprensa, dos clubes de serviço que estão engajados para que todo mundo fale de trânsito neste período. Quanto mais informação chegar ao nosso usuário, nosso jovem que é o motorista de amanhã, tenho certeza de um trânsito melhor e de um motorista mais consciente”, enaltece.

 

ORGANIZADORES

Em Marechal Rondon a campanha é uma organização da Secretaria de Mobilidade Urbana e atuação de inúmeros parceiros, tendo como responsável a servidora municipal Adriane Kappes Vorpagel. O pontapé inicial da campanha contou com a presença do prefeito Marcio Rauber, demais autoridades políticas rondonenses, comandantes das polícias e do Corpo de Bombeiros, representantes da Polícia Civil e de clubes de serviço e entidades.

Confira a programação completa que contará com o engajamento da sociedade rondonense.

 

PROGRAMAÇÃO

Afixação de faixas e folders em pontos estratégicos da cidade

Entrevistas em veículos de comunicação

Busca de novos parceiros

Palestras educativas nas escolas municipais: dias 15, 22 e 29, tendo como meta alcançar duas escolas por dia

Passeios ciclísticos, pedais, caminhadas e corridas

Distribuição de material educativo, aferição de bafômetro, conferência de habilitação, multa educativa de trânsito durante a execução de três blitz educativas: 15 e 18 de maio, das 10 às 12 horas, uma em frente ao Lago Municipal, outra em frente ao Batalhão de Fronteira e uma terceira na Polícia Rodoviária Federal;

Ações de divulgação diversas, seja por redes sociais ou com placas e decorações alusivas ao mês em pontos estratégicos

 

 

O Presente

TOPO