Copagril
Municípios Habitações

Cohapar e prefeitura auxiliam moradores de Quatro Pontes a obterem escritura de imóveis

Foto: Divulgação
  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

Na sexta-feira (11), mutuários, compradores ou ocupantes de imóveis financiados pela Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) em Quatro Pontes devem comparecer à prefeitura para apresentação da documentação necessária para adesão ao programa de escrituração direta da companhia. O serviço é oferecido pela empresa com custos reduzidos e condições facilitadas de pagamento, além da possibilidade de isenção do pagamento de taxas municipais para quem precisa registrar a propriedade da moradia em cartório.

O serviço custa R$ 478,36 à vista e pode ser parcelado em quatro prestações mensais de R$ 132,88. “Após o pagamento, a escritura é emitida em um prazo máximo de 15 dias úteis. Depois, o documento deve ser levado ao cartório para que o proprietário obtenha o registro definitivo em seu nome”, explica o coordenador regional da Cohapar, Gerson Paranhos.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

Nas últimas semanas, técnicos da companhia e da prefeitura têm feito ações presenciais de divulgação e orientação sobre programa. Quem quiser pode conhecer detalhes do serviço e iniciar o processo de adesão acessando o site da Cohapar, pelo endereço cohapar.pr.gov.br/escritura. Também é possível entrar em contato direto com o escritório regional da Cohapar, pelo telefone 0800-645-0055. O atendimento telefônico é prestado de segunda à sexta-feira, das 08 às 12 horas e das 13 às 17h30.

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS 

Para obter a escritura definitiva é necessário que o interessado comprove que quitou todas as parcelas de financiamento, através da apresentação do certificado de quitação. A primeira via do documento pode ser solicitada gratuitamente à Cohapar.

De acordo com o secretário de Administração, vice-prefeito Tiago Hansel, a equipe da prefeitura está comprometida em dar todo o suporte necessário para que as famílias regularizem a documentação de suas casas. “Na sexta-feira, das 09 às 17 horas, a nossa equipe, juntamente com funcionários da Cohapar, estarão recebendo a documentação referente à reunião realizada no dia 26 de setembro, no pavilhão do Bairro Itatiaia, abrangendo os moradores dos Bairros Itatiaia e Santa Clara, na prefeitura. Trata-se de um incentivo para quem está pleiteando a escritura da casa. Quem ainda não conseguiu todos os documentos pode me contatar, bem como a Heloísa, Viviane, Márcia e Nelson, junto ao paço municipal.

Além do atendimento oferecido pela prefeitura, o Poder Público, em conjunto com a Câmara de Vereadores, aprovou uma lei isentando as famílias do pagamento do ITBI no caso da emissão da primeira escritura”, relata.

 

Com assessoria 

TOPO