Ford KA Fev 2021
Copagril – Sou agro com orgulho
Municípios Colapso

Com cinco macro regiões sem vagas disponíveis em leitos de UTIs, pacientes podem começar a ser escolhidos

Médico Rodrigo Nicácio: "Precisamos da ajuda e compreensão da população" (Foto: Catve.com)

Com as cinco macro regiões sem vagas disponíveis em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), não se descarta a hipótese de haver necessidade de escolha no atendimento a pacientes que estejam com complicações devido ao coronavírus.

Em entrevista concedida à Catve, o médico Rodrigo Nicácio, de Cascavel, informou que a situação pode ser adotada, caso a tendência de alta na contaminação pela Covid-19 seja mantida.

Casa do Eletricista – 99% dos problemas

Nesse caso, diante do colapso do sistema e da indisponibilidade de leitos, as equipes de atendimento precisariam selecionar pessoas para que fossem atendidas, o que já ocorreu em países como Itália, Espanha e Portugal.

Apesar do Conselho Federal de Medicina ainda não estabelecer critérios para prioridade em atendimentos emergenciais com vítimas da Covid-19, haveria necessidade de se adotar protocolos como os já existentes em acidentes com múltiplas vítimas. Nessa hipótese, pessoas mais novas teriam prioridade nos atendimentos.

O médico reforçou, ainda, a importância da ajuda e compreensão da população em vista do aumento gradativo dos casos. Ele ressaltou ser imprescindível a prevenção para que a situação hipotética não seja necessária.

Com Catve.com
TOPO