Municípios Encerramento da assembleia

Docentes da Unioeste aprovam suspensão de estado de greve

(Foto: Divulgação)

Em assembleia geral ordinária, realizada nesta quinta-feira (5), na Unioeste câmpus Cascavel, com videoconferência para o câmpus de Francisco Beltrão, com primeira chamada às 14 horas e segunda chamada às 14h30, os docentes da Unioeste aprovaram a suspensão do estado de greve e encerramento da assembleia permanente.

Esta decisão foi tomada após análise do atual cenário diante da aprovação da Reforma da Previdência dos servidores estaduais do Paraná, de forma antidemocrática, em desrespeito à Constituição. A Proposta de Emenda à Constituição, apresentada pelo Governo Ratinho Junior, foi aprovada na quarta-feira (4), com as duas votações realizadas em uma única sessão, realizada na Ópera de Arame, isolada através de forte aparato policial, de modo a excluir a possibilidade de participação popular na discussão.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

A mudança de local foi determinada pelo presidente da Casa de Leis, Ademar Traiano, após os servidores estaduais, em defesa da Previdência Estadual, ocuparem a Assembleia Legislativa do Paraná.

Como encaminhamento, a assembleia definiu que, no início do ano letivo de 2020, a diretoria da Adunioeste convocará um encontro para discutir autonomia e orçamento, além de definir um plano de lutas. Durante a assembleia geral, a presidente do sindicato, Liliam Faria Porto Borges, também comunicou afastamento da presidência pelo prazo de 90 dias. Como consequência, a vice-presidente da Adunioeste, Alessandra Carrijo, assume a presidência do sindicato.

 

Com Catve

TOPO