Municípios Contramão da crise

Em meio à pandemia, 29 novas empresas são abertas em Quatro Pontes

Prefeito João Laufer diz que enquanto cidades próximas registram fechamento de empresas, indústrias e expressivo desemprego, município esbanja desenvolvimento econômico: “Felizmente, nós temos a comemorar”, destaca (Fotos: Karin Fotografias Digital)
  • Proprietária da Amora Produtos Naturais, Aline Helmich abriu há 30 dias sua loja e está muito feliz com os resultados (Fotos: Karin Fotografias Digital)

  • Advogado Marco Aurélio Chehban Fell constituiu seu escritório no município recentemente: “Sempre unidos e com força” (Fotos: Karin Fotografias Digital)

  • Edivan Todescatto: “Quando complexo do Grupo Difere estiver com 100% das atividades em operação, vai gerar 40 vagas de emprego direto” (Fotos: Karin Fotografias Digital)

  • Evelin Assmann está com 40 dias de loja: “Até o fim de ano essa crise vai passar e vamos nos fortalecer ainda mais” (Fotos: Karin Fotografias Digital)

  • Gerente da Lexxma Cordas e Cintas, José Roberto: “Continuamos investindo e mantendo todos os funcionários” (Fotos: Karin Fotografias Digital)

  • Proprietário da Pidi Alimentos, Mairto Gerhardt, é outro que investiu há pouco tempo em Quatro Pontes: confiança em bons negócios (Fotos: Karin Fotografias Digital)

  • À frente da Tecno Cores, Marcieli Cristina Haack diz que não teve medo de investir neste período de pandemia: “Estamos firmes e fortes” (Fotos: Karin Fotografias Digital)

  • Sócio-proprietário da Frigofish, Marlon Oliveira: “Mesmo passando por dificuldade nesta pandemia, acreditamos em dias melhores” (Fotos: Karin Fotografias Digital)

  • Município é destaque na produção de grãos, suínos, leite, frango e peixes

  • Município é destaque na produção de grãos, suínos, leite, frango e peixes

  • Município é destaque na produção de grãos, suínos, leite, frango e peixes

  • Município é destaque na produção de grãos, suínos, leite, frango e peixes

  • Município é destaque na produção de grãos, suínos, leite, frango e peixes

O mundo está vivendo um momento nunca antes imaginado. Palco de tragédias, quebra da economia, desempregos, efeitos dramáticos na saúde física e mental das pessoas, mudanças drásticas no mundo dos negócios, incertezas, fechamento de empresas e de indústrias, mas Quatro Pontes está superando este desafio. É destaque na produção de grãos, suínos, leite, frango e peixes e a recuperação da economia local é complementada pelo comércio e o setor industrial. Nos últimos três anos, o município cresceu e novas indústrias se instalaram, incentivando, inclusive, a abertura de pequenas empresas, que, apesar das dificuldades do momento, acreditam no potencial individual e oportunidades novas.

Na contramão da crise originada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), Quatro Pontes deu um salto na abertura de novas empresas, perfazendo 29 no período de 15 de março a 26 de junho. De 1º de janeiro até o momento são contabilizadas 46 novas empresas, sendo 39 microempreendedores individuais (MEIs) e sete de demais portes. O prefeito João Inácio Laufer se sente satisfeito com o desenvolvimento econômico do município, apesar da pandemia de Covid-19. “Cidades próximas registram o fechamento de empresas, indústrias e expressivo desemprego. Felizmente, nós temos a comemorar. É um orgulho ter todas essas novas empresas na cidade. O incentivo que a prefeitura tem ofertado contribui para que tudo isso se concretize. Desejamos sucesso aos novos empreendedores, sem esquecer dos tradicionais, que de longa data geram renda ao município e fazem a diferença. Parabéns pela força e iniciativa de cada um”, evidencia.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

Atualmente, estão em plena atividade 540 empresas, sendo 313 MEIs e 52 indústrias e pequenos fabricantes. Outro dado considerado importante é que durante todo ano de 2019 a Sala do Empreendedor, que atende junto ao paço municipal, prestou 1.493 atendimentos. Em comparação, de janeiro deste ano até este mês já foram 853 pessoas atendidas.

 

EM BREVE

Outras empresas e indústrias estão previstas para entrar em funcionamento em breve, como a Brothers Agro Ltda. (adubos e fertilizantes organo-minerais), Suco Diferente (suco de laranja), Cargill (nutrição de suínos), Super Bac (adubos e fertilizantes organo-minerais) e a Frigofish, que vai gerar aproximadamente 100 empregos.

O sócio-proprietário da Frigofish, Marlon Oliveira, agradece pelo incentivo da prefeitura, oportunizando a instalação da indústria no município. “Mesmo passando por dificuldade nesta pandemia, acreditamos em dias melhores. Estamos indo para Quatro Pontes não só para gerar mais empregos, mas para nós e a cidade crescermos juntos”, destaca.

Edivan Todescatto, do Grupo Difere, enaltece que o principal motivo da instalação do complexo do Grupo Difere no município é a logística. “Quatro Pontes faz divisa com a BR-163, que é a rodovia do agronegócio e via de fácil escoamento. Também me atraiu a hospitalidade do povo e a qualidade de vida que o município oferece. O complexo do Grupo Difere, quando estiver com 100% das atividades em operação, vai gerar 40 vagas de emprego direto”, garante.

 

EMPREGOS

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Quatro Pontes registrou seis postos de trabalho negativos em 2017, contudo, no ano seguinte, em 2018, o salto foi para 27 novos empregos. Já em 2019 o número subiu para outras 35 pessoas empregadas. E neste período de pandemia as novas empresas e indústrias garantiram um grande número de postos de trabalho, algo que se destaca em comparação a outros municípios, onde os números registram altos índices de falência e desemprego.

O gerente da Lexxma Cordas e Cintas, José Roberto, avalia que o momento é de crise e por conta da pandemia muitas empresas estão fechando as portas. “Nós continuamos investindo e mantendo todos os funcionários contratados. Agradecemos ao governo municipal pelo incentivo”, avalia.

 

COMÉRCIO

A proprietária da Amora Produtos Naturais, Aline Helmich, conta que há 30 dias abriu a loja e está muito feliz com a repercussão, receptividade e com tudo que tem ocorrido no município. “Trabalhamos no ramo de alimentos e produtos saudáveis. Agradeço a prefeitura pelo apoio e incentivo”, enfatiza.

Evelin Assmann, proprietária da Evelin Store, comenta que está com 40 dias de loja, mas atua há 15 anos no comércio. “Sempre trabalhei no ramo de vendas e acredito muito no meu potencial, no que eu faço. Penso que até o fim de ano essa crise vai passar e vamos nos fortalecer ainda mais. Acredito muito em nosso comércio local”, afirma.

À frente da Tecno Cores, Marcieli Cristina Haack diz que as pessoas estão com medo de investir neste período de pandemia, mas que não é o seu caso. “Estamos firmes e fortes. Agradeço muito a prefeitura pelo incentivo disponibilizado ao micro e pequeno empresário”, assegura.

Recentemente, o advogado Marco Aurélio Chehban Fell constituiu seu escritório no município. “O meu incentivo aos demais é: sempre unidos e com força”, pontua.

O proprietário da Pidi Alimentos, Mairto Gerhardt, é outro que investiu há pouco tempo em Quatro Pontes. “A nossa empresa é no ramo de panificação. Queremos agradecer a prefeitura pelos incentivos. Fez, sem dúvida, grande diferença para a abertura do nosso negócio”, ressalta.

 

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO