Municípios Números preocupantes

Regional de Toledo soma 788 casos de dengue confirmados; em Rondon são 33

Responsável pelo Setor de Endemias da Secretaria da Saúde de Marechal Rondon, Sérgio Radke: "Parcela da população não faz o dever de casa” (Foto: Joni Lang/OP)

Os casos de dengue confirmados também avançam na 20ª Regional de Saúde, com sede em Toledo, sendo que nos 18 municípios da área de atuação o boletim da última quarta-feira (22) apontava para 788 casos positivos, dos quais 414 no município de Terra Roxa. Em 2º lugar vem Mercedes, com 92, e em 3º Guaíra, com 70. Ouro Verde do Oeste e São José das Palmeiras ainda não possuem caso registrado.

Em Marechal Cândido Rondon são 33 casos confirmados. Destes, conforme o responsável pelo Setor de Endemias da Secretaria Municipal da Saúde, Sérgio Radke, 29 são autóctones (residentes) e quatro importados.

Casa do Eletricista – RETOMA

Ele ressalta que o índice de infestação do Aedes aegypti hoje está em 7% no município. “É um número preocupante”, enaltece, acrescentando que a Secretaria Municipal da Saúde tem desenvolvido inúmeros arrastões de combate à dengue em bairros da sede municipal, bem como nas sedes distritais. “Mesmo com todas essas campanhas educativas sobre a importância dos cuidados e da prevenção, a gente percebe que uma parcela da população não faz o dever de casa. Tanto que esses arrastões acontecem nas regiões que apresentam os maiores índices de focos de mosquito e a quantidade de materiais velhos como máquinas de lavar, eletrodomésticos, eletrônicos, pneus e potenciais acumuladores de água é algo quase inacreditável. Isso significa que a população não está cuidado”, lamenta.

“Nós entramos nos pátios das casas, com a permissão dos proprietários, e retiramos esses materiais. Esse não é um serviço do setor público, fazemos porque, embora o arrastão tenha esse objetivo da recolha, pensamos que a partir da nossa presença as pessoas comecem a adquirir conscientização, o que ainda falta”, amplia.

Radke afirma que a partir dos arrastões foram observadas melhoras, mas aquém da expectativa e do que a realidade exige. “O nível de conscientização não é o mesmo que deveria ser”, destaca.

Para evitar o registro de uma epidemia de dengue como ocorreu há quatro anos em Marechal Rondon, quando foram registrados em torno de mil casos de dengue e mortes, ele frisa que a equipe de endemias formada por 40 pessoas fiscaliza os 25 mil imóveis da sede e do interior a cada dois meses. “Além da fiscalização, desenvolvemos o trabalho de prevenção, orientação, mas o ‘grosso’ cada cidadão deve fazer. O problema não é resolvido porque uma parcela da população não faz o dever de casa”, conclui.

 

MAPA DA DENGUE NO OESTE

Municípios      Casos confirmados

 

Terra Roxa      414

Mercedes        92

Guaíra     70

Palotina   52

Toledo     36

Marechal Cândido Rondon    33

Santa Helena  23

Tupãssi   16

Quatro Pontes 13

Entre Rios do Oeste       10

Assis Chateaubriand      9

Diamante do Oeste 3

Maripá     3

Nova Santa Rosa   2

Pato Bragado  1

São Pedro do Iguaçu      1

São José das Palmeiras nenhum caso

Ouro Verde do Oeste     nenhum caso

 

O Presente

TOPO