Copagril
Municípios Desdobramentos do caso

Votação de pedido de cassação de prefeita pela compra de 6,5 toneladas de bolos é adiada após vereadora passar mal

Foto: Divulgação/Facebook

A votação do pedido de cassação da prefeita de Quedas do Iguaçu, Marlene Revers (Pros), foi adiada após a vereadora Neusa da Silva (PSDB) passar mal durante a sessão extraordinária realizada na noite desta quinta-feira (04) na Câmara de Vereadores.

A prefeita é acusada de omissão e negligência por gastos excessivos na compra de 6,5 toneladas de bolos e 36 mil salgadinhos entre setembro de 2017 e novembro de 2018.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

No início da votação, a vereadora Neusa da Silva passou mal, desmaiou e foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Municipal.

A maioria dos vereadores decidiu adiar a votação para quando a vereadora estiver recuperada. Vereadores da base da prefeita protestaram contra o adiamento.

O presidente da Câmara não marcou nova data para a sessão.

 

PEDIDO DE CASSAÇÃO

Esta seria a segunda votação do pedido de cassação. Em agosto, os vereadores votaram pela perda do mandato da prefeita, mas a cassação foi anulada pela Justiça.

Na oportunidade, o juiz Vitor Toffoli considerou que a defesa da prefeita não foi notificada com 24 horas de antecedência, sobre a sessão de julgamento da comissão processante na Câmara Municipal.

Segundo a decisão do juiz, a votação foi realizada no dia 6 de agosto, às 13h, e os advogados de Marlene informaram que a notificação oficial da sessão só ocorreu no dia 5 de agosto, às 13h06, ou seja, seis minutos fora do prazo legal.

Apesar de ter recorrido da decisão, a Câmara decidiu realizar uma nova sessão.

Para que a prefeita seja cassada, são é necessário que nove dos 13 vereadores votem a favor do pedido da Comissão Processante.

Segundo a comissão, foram gastos R$ 95 mil com a compra de bolos e salgadinhos para reuniões do Conselho Municipal de Assistência Social.

O G1 tenta contato com a defesa da prefeita.

 

Com G1

TOPO