Policial Cadastro bloqueado

Ao denunciar estelionato, entrerriense relata dívidas de R$ 15 mil após clonagem do seu CPF

(Foto: Arquivo/OP)

Compareceu ao Destacamento da Polícia Militar (PM) de Entre Rios do Oeste, às 15h20 de quarta-feira (15), um cidadão que relatou a clonagem do seu CPF. O homem contou que teria ido a uma agropecuária e tentado efetuar uma compra de ração para seus animais, contudo o cadastro não pôde ser concluído.

O proprietário do estabelecimento disse que o CPF do cliente estava cancelado e que o interessado deveria ir até a junta comercial com a finalidade de obter informações sobre a razão pela qual seu CPF estaria naquela condição.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

Já na junta comercial, o entrerriense descobriu que seu CPF estava bloqueado devido a dívidas nos valores de R$ 7.090,40, R$ 7.364,56 e R$ 564,14, sendo esta dívida oriunda do município de Araucária, no entanto não foi possível apurar o teor de tais dívidas.

O solicitante relatou aos policiais que nunca teve nenhuma conta na Caixa Econômica Federal, banco ao qual se refere os débitos mencionados. O mesmo disse ter contatado com a agência de Marechal Cândido Rondon, que é mais próxima de sua residência, tendo sido informado que deveria entrar em contato com a agência de Araucária, uma vez que não havia informação sobre o ocorrido em outra agência bancária.

Deste modo, temendo que mais dívidas viessem a ser feitas em seu nome o homem procurou o Destacamento da PM para comunicar a ocorrência e procurar orientações sobre o que deveria ser feito. O homem acrescentou que nunca foi fiador nem algo semelhante de ninguém, não sabendo explicar como seu CPF estaria vinculado a uma conta em Araucária em um banco ao qual disse nunca ter vínculo, a não ser o cartão cidadão. A equipe da PM tentou ligar para as referidas agências da cidade de Araucária, porém sem sucesso.

 

O Presente com PM

 

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO