Policial

Quinta vítima denuncia técnico de enfermagem por abuso sexual 

elegado da Polícia Civil de São Miguel do Iguaçu, Francisco Sampaio,

Mais uma suposta vítima de abuso sexual denunciou um técnico de enfermagem que atuava em um posto anexo ao Hospital e Maternidade de Itaipulândia, em depoimento na terça (16). Denunciado pelo Ministério Público (MPPR) pelo abuso de três pacientes, ele está preso desde 25 de setembro. De lá para cá, mais duas vítimas deram depoimento. De acordo com a polícia, as vítimas eram abusadas quando estavam sob o efeito de remédios.

Segundo o delegado da Polícia Civil de São Miguel do Iguaçu, Francisco Sampaio, a vítima relatou que os abusos aconteceram em 2014, quando ela foi receber uma injeção no hospital, e tendo conhecimento que a vítima tinha uma cicatriz de infância por conta de queimadura, o enfermeiro pediu para que a mulher tirasse a roupa para mostrar as cicatrizes, alegando ter conhecidos em um banco de pele de Foz do Iguaçu, que poderiam ajudar a vítima em uma eventual cirurgia. Ainda nessa situação, o enfermeiro beijou a vítima a força. Ela disse que só denunciou o caso quatro anos depois após ver o caso divulgado na imprensa, e relatos de outras vítimas. O delegado acredita que, como o técnico vinha atuando em várias cidades da região desde 2010, pode ter feito outras vítimas.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

A Secretaria Municipal de Saúde da cidade informou que “aguarda um parecer do departamento jurídico da prefeitura para tomar as providências cabíveis”.

 

Com agências

TOPO